Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Militares revelam como suas vidas foram destruídas pelo Exército dos EUA

O Twitter oficial do Exército dos EUA realizou uma pesquisa para averiguar como o serviço impactou a vida de seus militares.
Sputnik

Atualmente, mais de 9.000 pessoas já compartilharam suas opiniões. Apesar de constatarem que o serviço no Exército fortalece fisicamente e emocionalmente as pessoas, dando algum sentido às suas vidas e abrindo perspectivas profissionais, há muitos outros comentários com declarações céticas e críticas sobre a influência do Exército dos EUA no mundo, no país e na sua vida pessoal.

Várias pessoas compartilharam histórias de seus familiares que cometeram suicídio, sofreram de transtorno por estresse pós-traumático, passaram por mudanças radicais de caráter e comportamento ou deixaram de ser saudáveis depois de participarem em ações militares dos EUA.

Além disso, há aqueles cujos familiares ou eles próprios foram abusados durante o serviço.

Outros usuários recordaram que os horrores da guerra deixam cicatrizes na mente.

Diversos outros usuários da rede social compa…

Israel bombardeia Gaza em retaliação ao ataque de mísseis

O Exército israelense informou na manhã desta sexta-feira que lançou ataques contra "locais terroristas" na Faixa de Gaza.


Sputnik

Mais cedo nesta quinta-feira, alarmes antiaéreas dispararam na capital israelense pela primeira vez desde 2014. Os militares israelenses afirmaram ter registrado "dois lançamentos de mísseis da Faixa de Gaza em direção ao território israelense…"


Caça F-35 da Força Aérea de Israel, conhecido como Adir, em 6 de dezembro de 2016 (imagem de arquivo)
CC0 / Robert Sullivan / Israeli F-35 “Adir” receives fuel

De acordo com testemunhas oculares palestinas, citadas pela Reuters, várias explosões foram ouvidas na madrugada desta sexta-feira. Elas alegaram se tratar de um ataque dos caças das Forças de Defesa de Israel contra as posições do Hamas.

Notadamente, o Hamas informou em um comunicado, citado pela Reuters, que o grupo "não foi responsável pelo lançamento dos mísseis de hoje à noite contra o inimigo". Segundo o grupo, os mísseis foram lançados durante "uma reunião entre a liderança do movimento Hamas e a delegação do Egito", na qual se discutiu a situação da segurança na Faixa de Gaza.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas