Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Os mísseis russos que se tornaram alvo de disputa entre EUA e Turquia

A Turquia, dona do segundo maior Exército entre os 29 países que compõem a Otan (Organização do Tratado do Atlântico Norte), está prestes a adquirir mísseis antiaéreos S-400.
BBC News Brasil

Os S-400 são os mísseis "terra-ar" mais avançados do mundo e se tornaram motivo de uma disputa entre Turquia e Estados Unidos que pode ameaçar a aliança militar das potências ocidentais.

Isso porque os S-400 são fabricados na Rússia, o principal rival da organização fundada em 1949 justamente para se opor à então União Soviética.

A insistência da Turquia em adquirir os mísseis russos irritou os Estados Unidos, que encaram a decisão como uma potencial ameaça para seus aviões de combate F-35, também em vias de serem comprados pelos turcos.
Troca de farpas

"Não ficaremos de braços cruzados enquanto os aliados da Otan compram armas dos nossos adversários", advertiu o vice-presidente dos EUA, Mike Pence, durante um encontro organizado há poucos dias em Washington para celebrar o aniversár…

Mais uma falha no novíssimo porta-aviões dos EUA reforça incertezas sobre sua utilização

As obras de reparação do novo porta-aviões dos EUA Gerald R. Ford podem se prolongar ao menos até outubro devido a uma séria falha encontrada no principal sistema de propulsão do navio.


Sputnik

Os problemas nas turbinas a vapor do porta-aviões foram encontrados durante os testes de mar, o porta-aviões teve que suspender os testes e regressar ao estaleiro. A inspeção verificou que os dois principais geradores de vapor do USS Gerald R. Ford necessitam de reparações em grande escala.

O porta-aviões norte-americano USS Gerald R. Ford
USS Gerald R. Ford © AP Photo/ U.S. Navy / Mass Communication Specialist 2nd Class Ridge Leoni

Junto com os problemas antigos da embarcação, como falhas com os sistemas de catapulta do navio, elevadores de armas e radares, não está claro quando o novo porta-aviões pode ficar pronto para combate, de acordo com a edição The Drive.

O porta-aviões USS Gerald R. Ford é o principal porta-aviões de um novo tipo, representando uma versão modernizada dos navios da classe Nimitz. Ele foi oficialmente introduzido em serviço em 2017, porém a recuperação dos problemas revelados durantes os testes continua até agora.

Durante a construção do porta-aviões foram utilizados tais avanços como catapultas eletromagnéticas em vez das a vapor e radares de nova geração. Os reatores da embarcação produzem mais 25% de energia do que os do Nimitz, ela é necessária para a grande quantidade de diferentes equipamentos eletrônicos do navio. Graças ao grande nível de automatização, a tripulação do porta-aviões foi reduzida em 1.000 efetivos.

Notebook Lenovo Ideapad 330 Intel Core i5 8GB - 1TB 15,6” Windows 10 Home

Notebook Lenovo Ideapad 330 Intel Core i5 8GB - 1TB 15,6” Windows 10 Home

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas