Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Avibras encomenda mais sistemas Fieldguard 3 à Rheinmetall

A Rheinmetall Air Defense recebeu um pedido de mais um sistema de telemetria Fieldguard 3 da Avibras do Brasil, anunciou a empresa em 17 de maio.
Forças Terrestres

O Fieldguard é um sistema de controle de tiro ativo que mede a trajetória dos projéteis para assegurar máxima precisão ao engajar os alvos.

O cliente final está expandindo sua capacidade por dois sistemas adicionais, com a Rheinmetall atuando como subcontratada da Avibras, a contratada geral no âmbito do contrato do Astros 2020.

O sistema de telemetria Fieldguard 3 pode cobrir alcances de até 100 km.

National Interest revela nova 'tática secreta' militar dos EUA

A revista americana National Interest escreveu sobre o uso de túneis táticos em campo de batalha proposto pela Agência de Projetos de Pesquisa Avançada (DARPA) do Departamento de Defesa dos EUA.


Sputnik


De acordo com a publicação, essa tática tem sido uma dor de cabeça para o Exército dos EUA, pois foi usada pelos japoneses em Iwo Jima para emboscar soldados americanos durante a Segunda Guerra Mundial, e também no Vietnã.


Soldados norte-americanos no Afeganistão (foto de arquivo)
Militares dos EUA no Afeganistão © AFP 2018 / Johannes EISELE

Além disso, a Coreia do Norte e o Irã usam hoje esse método para proteger seus programas de armas nucleares, enquanto os túneis do Daesh (grupo terrorista proibido na Rússia e em vários outros países) têm sido um sério problema no Afeganistão, Iraque e Síria. Até mesmo Israel descobriu túneis do Hezbollah e do Hamas penetrando abaixo de suas fronteiras.

De acordo com a equipe da DARPA, os soldados americanos poderiam usar essa experiência para ganhar vantagem no campo de batalha. No entanto, os soldados não têm as habilidades necessárias.

"Nenhuma Especialidade Militar Ocupacional [MOS] do DoD [Departamento de Defesa] inclui treinamento na construção de túneis táticos ofensivos, nem qualquer tecnologia ou equipamento que suporte a criação ou exploração de túneis táticos", diz o artigo do National Interest.

Túneis táticos oferecem várias vantagens, uma vez que permitiriam que as tropas dos EUA se soltassem das bases operacionais avançadas e das linhas de suprimento vulneráveis que as sustentam.

A primeira fase do programa, proposta pela DARPA, envolve US$ 11 milhões (R$ 41 milhões) no custo da avaliação no desenvolvimento das técnicas de perfuração e construção de túneis.

O projeto propõe utilizar os túneis apenas para o fornecimento de alimentos e munições, bem como para missões de evacuação, enquanto que os autores do artigo afirmam que a tecnologia é dispendiosa e não totalmente segura.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas