Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Trump não precisa de autorização do Congresso para declarar guerra ao Irã, diz analista

Donald Trump pode não precisar do aval do Congresso para declarar guerra contra o Irã, algo que seus conselheiros "vêm construindo discretamente" um caso em meio a sanções crescentes, informa Jonathan Allen, da NBC News.
Sputnik

O articulista afirma que os principais elementos do plano incluem ligar a al-Qaeda ao Irã para retratar a República Islâmica como uma ameaça terrorista aos EUA, "o que é exatamente o que as autoridades do governo vêm fazendo nas últimas semanas".

"Isso poderia dar a Trump a justificativa que ele precisa para combater o Irã sob a resolução de uso de força de 2001, sem aprovação do Congresso", Allen argumenta, acrescentando que o Congresso dificilmente concederá ao presidente americano "nova autoridade para atacar o Irã nas circunstâncias atuais ”.

Os comentários do autor vêm depois que o New York Times citou vários altos funcionários norte-americanos não identificados dizendo que “[o presidente Donald] Trump foi firme em dizer que…

Pentágono: EUA testarão novos mísseis convencionais após saída do tratado nuclear

Os Estados Unidos estão preparados para testar mísseis convencionais lançado a partir do solo em meio à sua retirada do Tratado de Forças Nucleares de Alcance Intermediário, conhecido como Tratado INF, disse a tenente-coronel Michelle Baldanza, porta-voz do Pentágono, à Sputnik nesta sexta-feira.


Sputnik

"No caso improvável de a Rússia retornar ao cumprimento total e verificável antes do final do período de seis meses, rescindiremos nossa suspensão e a retirada planejada do Tratado. Mas, sem essa mudança na conduta da Rússia, nossa decisão de retirar-se do Tratado permanecerá e o Tratado terminará", disse Baldanza.


Imagem relacionada
Donald Trump | AFP

"Devemos estar preparados para esta eventualidade. Nossos preparativos ao longo destas linhas incluem planos para testar um míssil convencional lançado do solo".

De acordo com relatos recentes da mídia, Washington está planejando testar mísseis, anteriormente proibidos sob o tratado INF, no final deste ano. Novos mísseis de cruzeiro podem ser utilizados dentro de 18 meses, de acordo com relatórios.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas