Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Irã desloca sistema russo de defesa S-300 para a costa do golfo Pérsico (VÍDEO)

Uma coluna de caminhões iranianos transportando vários sistemas anti-aéreos russos S-300 Favorit para a costa do golfo Pérsico foi capturada em vídeo por um motorista e postada no YouTube.
Sputnik

O vídeo mostra como caminhões transportam partes dos sistemas antiaéreos e coincide com a escalada de tensão entre os Estados Unidos e o Irã com o envio de um grupo de combate naval dos EUA para a costa iranianas, relata Alarabiya.


Segundo o jornal russo Rossiyiskaya Gazeta, o envio dessas unidades do S-300 para a costa persa responde à crescente presença militar e naval dos Estados Unidos. O artigo também explica que as unidades não viajam sozinhas por via terrestre e fazem isso em caminhões para preservar sua vida útil e garantir a segurança durante a viagem.

Em 13 de maio, o comandante das Forças Aeroespaciais da Guarda Revolucionária Islâmica, Amir Ali Hajizadé, assegurou que o país persa estava pronto para atacar os Estados Unidos devido à presença do referido grupo naval na região.

Hajizadé…

Pompeo sobre apagão na Venezuela: 'Políticas de Maduro não causam nada além de escuridão'

O secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, tweetou nessa sexta-feira (8) que a atual falta de energia na Venezuela é "o resultado da incompetência do regime de Maduro".


Sputnik

Essa declaração veio logo depois de o presidente venezuelano, Nicolás Maduro, ter afirmado que "a guerra da energia elétrica declarada pelos imperialistas norte-americanos" contra o país latino-americano não terá sucesso.


Secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, durante reunião com estudantes da Universidade Americana do Cairo, no Egipto, 10 de janeiro de 2019
Mike Pompeo © AP Photo / Andrew Caballero-Reynolds

"A falta de energia elétrica e a devastação que afeta os cidadãos venezuelanos não é por causa dos EUA. Não é por causa da Colômbia. Não é [por causa do] Equador ou Brasil, Europa ou qualquer outro lugar. A falta de energia e a fome são o resultado da incompetência do regime de Maduro.

Políticas de Maduro não causam nada além de escuridão."
Mike Pompeo 

Em um tweet separado, o secretário de Estado norte-americano sugeriu a expulsão de Maduro, declarando que no país não há mais comida, medicamentos e, agora, energia.

Mais cedo, o ministro da Energia Elétrica da Venezuela, Luis Motta Domínguez, havia comunicado que as autoridades estavam trabalhando para resolver o problema do apagão o mais rápido possível, que ocorreu nesta sexta-feira (8).

Vale destacar que Maduro publicou na quinta-feira (7) no Twitter acusações sobre as tentativas dos EUA de desencadear uma guerra de energia elétrica contra o país latino-americano, além de alegar que o blecaute foi causado por uma "sabotagem" na principal usina hidrelétrica venezuelana.

Uma falha de energia foi registrada em 21 dos 23 estados da Venezuela, incluindo a capital do país, Caracas.

A Corporação Nacional de Energia Elétrica do país informou que a Hidrelétrica de Guri "enfrentou sabotagem, que é parte de uma guerra elétrica contra o Estado".

"Não permitiremos isto! Estamos trabalhando para restaurar o fornecimento de energia", escreveu a empresa no Twitter.

A Hidrelétrica de Guri, na Venezuela, tem uma capacidade de 10.200 megawatts e é a terceira maior usina do mundo, segundo o site Power Technology. A usina responde por mais de 70% das necessidades elétricas do país, mas é ocasionalmente afetada por secas.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas