Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Irã desloca sistema russo de defesa S-300 para a costa do golfo Pérsico (VÍDEO)

Uma coluna de caminhões iranianos transportando vários sistemas anti-aéreos russos S-300 Favorit para a costa do golfo Pérsico foi capturada em vídeo por um motorista e postada no YouTube.
Sputnik

O vídeo mostra como caminhões transportam partes dos sistemas antiaéreos e coincide com a escalada de tensão entre os Estados Unidos e o Irã com o envio de um grupo de combate naval dos EUA para a costa iranianas, relata Alarabiya.


Segundo o jornal russo Rossiyiskaya Gazeta, o envio dessas unidades do S-300 para a costa persa responde à crescente presença militar e naval dos Estados Unidos. O artigo também explica que as unidades não viajam sozinhas por via terrestre e fazem isso em caminhões para preservar sua vida útil e garantir a segurança durante a viagem.

Em 13 de maio, o comandante das Forças Aeroespaciais da Guarda Revolucionária Islâmica, Amir Ali Hajizadé, assegurou que o país persa estava pronto para atacar os Estados Unidos devido à presença do referido grupo naval na região.

Hajizadé…

Rússia e Síria pedem desmantelamento do campo de refugiados Rukban aos EUA

Os chefes dos Comitês Conjuntos de Coordenação da Rússia e da Síria sobre Repatriação de Refugiados Sírios pediram nesta sexta-feira aos Estados Unidos que desmantelem o campo de Rukban, que abriga mais de 40 mil sírios deslocados perto da fronteira com a Jordânia.


Sputnik

"[Nós pedimos para os Estados Unidos] para resolver a questão do campo de Rukban de uma vez por todas, através de sua dissolução e dando liberdade há muito esperada aos seus moradores", disseram os chefes dos comitês em um comunicado.


Campo de refugiados de Rukban
Campo de refugiados de Rukban © AP Photo

O campo de Rukban, que abriga cerca de 40 mil pessoas deslocadas, está localizado na parte sul da Síria, não muito longe da Jordânia. A área, que se tornou um campo de refugiados para residentes sírios em 2014, é agora uma zona controlada pelos EUA.

Em janeiro, a Organização Mundial da Saúde (OMS) denunciou que as pessoas vivendo nestes campos estavam "em condições deploráveis" e se tornavam "presas fáceis" de terroristas. O suprimento limitado de água, o clima extremamente frio e o mau funcionamento das instalações de saúde contribuem para o aumento das doenças, que incluem a gripe, o sarampo, a tuberculose e as doenças respiratórias crônicas, de acordo com a OMS.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas