Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Irã desloca sistema russo de defesa S-300 para a costa do golfo Pérsico (VÍDEO)

Uma coluna de caminhões iranianos transportando vários sistemas anti-aéreos russos S-300 Favorit para a costa do golfo Pérsico foi capturada em vídeo por um motorista e postada no YouTube.
Sputnik

O vídeo mostra como caminhões transportam partes dos sistemas antiaéreos e coincide com a escalada de tensão entre os Estados Unidos e o Irã com o envio de um grupo de combate naval dos EUA para a costa iranianas, relata Alarabiya.


Segundo o jornal russo Rossiyiskaya Gazeta, o envio dessas unidades do S-300 para a costa persa responde à crescente presença militar e naval dos Estados Unidos. O artigo também explica que as unidades não viajam sozinhas por via terrestre e fazem isso em caminhões para preservar sua vida útil e garantir a segurança durante a viagem.

Em 13 de maio, o comandante das Forças Aeroespaciais da Guarda Revolucionária Islâmica, Amir Ali Hajizadé, assegurou que o país persa estava pronto para atacar os Estados Unidos devido à presença do referido grupo naval na região.

Hajizadé…

Turquia rejeita oferta dos EUA e escolhe sistema russo de defesa antiaérea

Os Estados Unidos têm pressionado a Turquia a cancelar a compra do sistema de defesa aérea S-400 da Rússia. Ancara estima que comprar os equipamentos de Moscou sairia três vezes mais barato que os US$ 3,5 bilhões cobrados pelos EUA em produto semelhante.


Sputnik

A Turquia rejeitou a oferta do sistemas de mísseis de longo alcance Patriot, informou a Bloomberg citando fontes oficiais turcas.


Uma bateria anti-míssil Patriot dos EUA é montada em uma base em Jaffa, ao sul de Tel-Aviv, foto de arquivo.
Sistemas Patriot dos EUA em Tel-Aviv, Israel © AFP 2018 / SVEN NACKSTRAND

O presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, já tinha dito em 16 de fevereiro que Ancara não se estava satisfeita com a relutância dos Estados Unidos em oferecer à Turquia um empréstimo para a compra dos sistemas Patriot. Além disso, Washington teria recusado a sugestão de produzir a arma conjuntamente em solo turco, o que ajudaria a reduzir o valor.

Mais cedo, o chefe do principal órgão estatal que lida com a aquisição e produção de armas, Ismail Demir disse à televisão NTV que "não é possível aceitarmos o conteúdo e os detalhes da proposta como ela está no momento. As condições devem ser discutidas, há uma série de questões que devem ser esclarecidas e um compromisso deve ser alcançado".

Os Estados Unidos têm ameaçado impor sanções à Turquia, caso o país decida comprar sistemas de mísseis da Rússia.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas