Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Trump reconhece soberania de Israel sobre Colinas de Golã

Ao lado de Netanyahu, presidente dos EUA contradiz décadas de política externa e reconhece a soberania de Israel sobre o território, ocupado em 1967 e anexado em 1981. Síria vê ataque a sua integridade territorial.
Deutsch Welle

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, reconheceu formalmente nesta segunda-feira (25/03) a soberania de Israel sobre as Colinas de Golã, um território disputado com a Síria e que Israel anexou em 1981.

O governo do presidente sírio, Basahr al-Assad, respondeu de imediato e afirmou que a decisão é um ataque à soberania e à integridade territorial da Síria.

O decreto de reconhecimento foi assinado no início de um encontro com o primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, em Washington. Trump justificou a medida com as "ações agressivas" do Irã e de grupos "terroristas" contra Israel.

Netanyahu disse que se trata de um dia histórico e que Trump é o melhor amigo que Israel já teve.

Em Israel, o reconhecimento pode significar um forte i…

VÍDEO registra pássaro sendo 'engolido' por turbina de avião militar dos EUA

Durante show aéreo Avalon, organizado na Austrália, um pássaro foi "engolido" pela turbina de um avião militar de transporte norte-americano Boeing C-17 Globemaster III. O momento da entrada indevida do pássaro e a explosão subsequente foram registrados em vídeo, informa The Drive.


Sputnik

Segundo a edição, a tripulação do C-17A Globemaster III deveria demonstrar habilidades únicas, mas durante a decolagem, um pássaro atingiu uma das turbinas. No vídeo dá para ver o momento exato da explosão ocasionada pelo pássaro.


Boeing C-17 Globemaster III | Reprodução

Alguns minutos depois, a tripulação do Boeing C-17 Globemaster III parou o avião, que não decolou no dia seguinte também. Isso pode indicar dano com necessidade de inspeção.

O The Drive observa que pássaros representam um grande perigo para aeronaves militares. Em shows aéreos, as máquinas são operadas em baixas altitudes e, portanto, há sempre um risco. Mesmo as aeronaves mais poderosas não estão protegidas do perigo representado por pássaros.


Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas