Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Os mísseis russos que se tornaram alvo de disputa entre EUA e Turquia

A Turquia, dona do segundo maior Exército entre os 29 países que compõem a Otan (Organização do Tratado do Atlântico Norte), está prestes a adquirir mísseis antiaéreos S-400.
BBC News Brasil

Os S-400 são os mísseis "terra-ar" mais avançados do mundo e se tornaram motivo de uma disputa entre Turquia e Estados Unidos que pode ameaçar a aliança militar das potências ocidentais.

Isso porque os S-400 são fabricados na Rússia, o principal rival da organização fundada em 1949 justamente para se opor à então União Soviética.

A insistência da Turquia em adquirir os mísseis russos irritou os Estados Unidos, que encaram a decisão como uma potencial ameaça para seus aviões de combate F-35, também em vias de serem comprados pelos turcos.
Troca de farpas

"Não ficaremos de braços cruzados enquanto os aliados da Otan compram armas dos nossos adversários", advertiu o vice-presidente dos EUA, Mike Pence, durante um encontro organizado há poucos dias em Washington para celebrar o aniversár…

'É hora de a comunidade internacional deter a loucura de Netanyahu', diz político turco

O porta-voz do Partido da Justiça e Desenvolvimento (AKP) da Turquia, Omer Celik, acusou o premiê israelense Benjamin Netanyahu de continuar "ameaçando a paz e a estabilidade no Oriente Médio".


Sputnik

"Esta declaração ignora claramente as resoluções do Conselho de Segurança da ONU e o direito internacional", afirmou Celik no Twitter, se referindo à afirmação do líder israelense de que alargaria a soberania israelense sobre os territórios ocupados da Cisjordânia se continuasse no cargo.

Primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu
Benjamin Netanyahu © AP Photo / Gali Tibbon/Pool

Estendendo seu apelo a todo o mundo, o representante turco destacou a natureza agressiva da retórica de Israel e afirmou que todos devem "condenar esta linguagem de ódio que rodeia Netanyahu".

"É hora de a comunidade internacional deter a loucura de Netanyahu" porque a sua atitude é um "ataque claro a todos os valores que definem a comunidade internacional", twittou o político.

O porta-voz do partido continuou, declarando que "aqueles que encorajam a ocupação devem pensar cuidadosamente sobre as consequências" e que "este é o fim para todos, especialmente para o Oriente Médio".

No sábado (6), na véspera das eleições gerais de Israel, Netanyahu disse que ele estenderá a soberania israelense sobre os territórios ocupados da Cisjordânia se conseguir manter seu mandato como primeiro-ministro.

Ventilador de Mesa e Parede Britânia - Protect 30 SIX 30cm 3 Velocidades

Ventilador de Mesa e Parede Britânia - Protect 30 SIX 30cm 3 Velocidades 110V

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas