Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Defesa do Brasil tem maior gasto com pessoal na década, e investimento militar cai

Despesas com ativos e inativos crescem R$ 7,1 bi em 2019, reflexo de aumento salarial
Por Igor Gielow e Gustavo Patu | Folha de S.Paulo

A previsão de gasto militar para o primeiro ano de governo do capitão reformado do Exército Jair Bolsonaro (PSL) traz o maior aumento de despesa com pessoal em dez anos e uma redução expressiva do investimento em programas de reequipamento das Forças Armadas.
Não fosse uma criatividade contábil dos militares, que conseguiram recursos com a capitalização de uma estatal para comprar novos navios, a despesa de investimento seria a menor desde 2009.

A Folha analisou a série histórica com a ferramenta de acompanhamento orçamentário Siga Brasil, do Senado. Para este ano, o Ministério da Defesa, ainda na gestão Michel Temer (MDB), planejou gastar R$ 104,2 bilhões, o quarto maior volume da Esplanada.

Desse montante, R$ 81,1 bilhões irão para pessoal, R$ 13,3 bilhões, para gastos correntes (custeio) e R$ 9,8 bilhões, para investimentos. Os valores não incluem o con…

Erdogan anuncia prontidão da Turquia para nova operação militar na Síria

O presidente turco Recep Tayyip Erdogan confirmou a intenção de Ancara de resolver a "questão síria no terreno", ao invés da mesa de negociações, após as eleições de 31 de março.


Sputnik

Erdogan declarou que pretende discutir a possibilidade de uma nova operação militar turca na Síria com o presidente russo Vladimir Putin durante sua visita a Moscou na segunda-feira (8).

Militares turcos
Militares turcos © AFP 2019 / Ilyas Akengin

"Nossos preparativos na fronteira estão concluídos. Tudo está pronto para a operação. Podemos iniciá-la a qualquer momento. Vou discutir esta e outras questões durante a visita a Moscou", disse Erdogan falando com repórteres antes de entrar em seu avião para voar para a capital russa.

Os comentários de Erdogan seguem suas observações anteriores sobre a preparação turca para lançar uma operação "antiterrorista" a leste do rio Eufrates e em Manbij, na Síria, contra as forças de autodefesa curdas sírias apoiadas pelos EUA e que Ancara classifica como um grupo terrorista.

Erdogan disse anteriormente que a Turquia tinha decidido adiar a operação após uma conversa telefônica que ele teve com o presidente dos EUA, Donald Trump, em meados de dezembro, após a qual Trump tomou a decisão de retirar as tropas dos EUA da Síria.

Box Batalhas da Segunda Guerra Mundial - Universal

Box Batalhas da Segunda Guerra Mundial - Universal

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas