Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Defesa do Brasil tem maior gasto com pessoal na década, e investimento militar cai

Despesas com ativos e inativos crescem R$ 7,1 bi em 2019, reflexo de aumento salarial
Por Igor Gielow e Gustavo Patu | Folha de S.Paulo

A previsão de gasto militar para o primeiro ano de governo do capitão reformado do Exército Jair Bolsonaro (PSL) traz o maior aumento de despesa com pessoal em dez anos e uma redução expressiva do investimento em programas de reequipamento das Forças Armadas.
Não fosse uma criatividade contábil dos militares, que conseguiram recursos com a capitalização de uma estatal para comprar novos navios, a despesa de investimento seria a menor desde 2009.

A Folha analisou a série histórica com a ferramenta de acompanhamento orçamentário Siga Brasil, do Senado. Para este ano, o Ministério da Defesa, ainda na gestão Michel Temer (MDB), planejou gastar R$ 104,2 bilhões, o quarto maior volume da Esplanada.

Desse montante, R$ 81,1 bilhões irão para pessoal, R$ 13,3 bilhões, para gastos correntes (custeio) e R$ 9,8 bilhões, para investimentos. Os valores não incluem o con…

Exército dos EUA vai se livrar de todos os seus helicópteros Black Hawk UH-60A até 2024

Oficiais generais do Exército dos EUA (US Army) disseram ao Subcomitê de Serviços Armados do Senado em 2 de abril que o Serviço vai alienar seus helicópteros UH-60A (Alpha) até 2024.


Forças Terrestres

Em resposta a uma pergunta do senador Richard Blumenthal, o tenente-general Paul Ostrowski, diretor militar principal do secretário assistente do Exército e diretor do Corpo de Aquisições do Exército, disse que o Exército dos EUA planeja se livrar de todas os seus UH-60 modelo A Black Hawks da Guarda Nacional no ano fiscal de 2022 e da força ativa em 2024.

Sikorsky UH-60A Black Hawk
Sikorsky UH-60A Black Hawk

Durante uma audiência no Comitê de Serviços Armados do Senado, o tenente-general Paul Ostrowski também acrescentou que, até 2024, todos os helicópteros modelo Alpha estarão fora das forças ativas também.

O primeiro UH-60A foi aceito pelo US Army em 1978 e entrou em serviço em 1979, quando foi entregue aos componentes de aviação da 101ª e 82ª Divisão Aerotransportada.

O modelo Alpha do Black Hawk tem sido o helicóptero utilitário da linha de frente do Exército dos EUA há 40 anos.

Desde então, o Black Hawk acumulou mais de 9 milhões de horas totais de frota e apoiou soldados em todas as principais operações de contingência executadas pelo Exército, incluindo Granada, Panamá, Iraque, Somália, os Bálcãs, Afeganistão e todo o Oriente Médio.

Hoje, o UH-60 Black Hawk compõe a maior frota de asa rotativa do US Army, com mais de 2.100 aeronaves no inventário atual. Como a produção do modelo H-60M mais atual continua, ao longo dos próximos anos, o Exército irá alienar suas aeronaves UH-60A e L remanescentes, para serem substituídas por 760 UH-60Vs.

“No futuro, a intenção é também converter todas as aeronaves Lima em modelos Victor”, disse Ostrowski. “Entre Mikes e Victors, na década de 2030, teremos feito a transição tanto da ativa quanto da Guarda Nacional para os modelos Victor ou Mike dentro do nosso Exército.”

FONTE: Defence Blog

Helicóptero Sky Cop - Cardoso

Helicóptero Sky Cop - Cardoso

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas