Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Empresa chinesa faz peças para F-35? Revelação surge em meio a polêmicas envolvendo Huawei

Em meio à briga contínua entre os EUA e a gigante tecnológica chinesa Huawei, classificada como ameaça à segurança por Washington, verificou-se que uma subsidiária com sede no Reino Unido de uma companhia chinesa fabrica peças para os jatos americanos F-35.
Sputnik

Trata-se da companhia chinesa Exception PCB, com sede no condado britânico de Gloucestershire, que fabrica placas de circuitos que controlam os motores, iluminação, combustível e sistemas de navegação dos caças F-35 – o sistema de armas mais caro já feito.

De acordo com a emissora britânica Sky, citando materiais divulgados pelo Ministério da Defesa do Reino Unido, a empresa que fabrica componentes para os caças da Lockheed Martin foi comprada em 2013 pela companhia chinesa Shenzhen Fastprint, que inclusive já participou da fabricação de caças Eurofighter Typhoon e de helicópteros de ataque Apache.

"A Exception PCB, com sede em Gloucestershire, fabrica placas de circuito impresso que controlam muitas das principais capacid…

Netanyahu sobre julgar Exército de Israel por crimes de guerra: 'É absurdo'

O primeiro-ministro israelense Benjamin Netanyahu considera "absurdo" julgar soldados israelenses por supostos crimes de guerra cometidos contra palestinos nos territórios ocupados.


Sputnik

"É absurdo que o Tribunal Penal Internacional processe soldados americanos ou israelenses", disse o premiê.

Primeiro-ministro israelense Benjamin Netanyahu (Foto de aquivo)
Benjamin Netanyahu © AP Photo / Sebastian Scheiner

Nesta semana, Netanyahu elogiou a decisão do Tribunal Penal Internacional de não acusar as tropas americanas de alegados crimes de guerra cometidos no Afeganistão.

A corte penal está considerando a acusação contra soldados israelenses de crimes de guerra alegadamente cometidos durante as suas intervenções na Faixa de Gaza e como consequência da construção dos colonatos judeus na Cisjordânia.

O Conselho de Direitos do Homem das Nações Unidas elaborou uma base de dados secreta com nomes e ações dos soldados e oficiais israelenses suspeitos de terem cometido crimes de guerra durante a repressão dos protestos palestinos no decorrer do último ano em Gaza.

Para o premiê israelense, a decisão do TPI desta semana sobre os Estados Unidos tem "implicações extraordinárias" para Israel e o resto do mundo, além de que o tribunal foi criado para responder às atrocidades cometidas por países que não têm um sistema legal respeitado, o que não seria o caso de Israel.

Carrinho de Praia com Avanço para Caixa Térmica Mor

Carrinho de Praia com Avanço para Caixa Térmica Mor

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas