Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Fuzileiros Navais do Brasil e dos EUA ratificam acordo de cooperação

Diálogo conversou com o Contra-Almirante (FN) da Marinha do Brasil (MB) Nélio de Almeida para conhecer detalhes dessa parceria
Por Marcos Ommati | Diálogo Américas | Poder Naval

Criar mais oportunidades de intercâmbio de conhecimento e treinamento combinado entre os Fuzileiros Navais do Brasil e dos Estados Unidos. Este é o objetivo principal de um plano de cinco anos ratificado em fevereiro de 2019 entre os representantes de ambas as forças, o Contra-Almirante (FN) da Marinha do Brasil Nélio de Almeida, comandante do Desenvolvimento Doutrinário do Corpo de Fuzileiros Navais (CFN) do Brasil e presidente nacional da Associação de Veteranos desta força, e o Contra-Almirante Michael F. Fahey III, comandante do Corpo de Fuzileiros Navais Sul dos EUA (MARFORSOUTH, em inglês). O C Alte Nélio recebeu Diálogo em seu escritório na Ilha do Governador, Rio de Janeiro, para dar detalhes do acordo e conversar sobre outros temas de interesse das marinhas do Brasil e de outros países da região e dos E…

Porta-aviões Liaoning da China recebe modificações para combate

O primeiro porta-aviões da China, o Liaoning, foi desdobrado para tarefas de combate após modificações e exercícios intensivos de treinamento, revelou o imediato do navio em meio às comemorações do 70º aniversário da Marinha do Exército de Libertação Popular (PLA Navy).


Poder Naval

As modificações realizadas desde agosto de 2018 incluem cabos de retenção atualizados que fornecerão uma maior capacidade de carga quando a aeronave pousar e também prolonga a vida útil dos cabos, informou a China Central Television (CCTV).

Porta-aviões chinês Liaoning

Há também um novo suporte de rede de retenção, que levanta uma rede de segurança no convés de voo ajudando a deter uma aeronave em caso de emergência que não consiga baixar o gancho de cauda. A superestrutura recebeu melhoria na sua capacidade anti-interferência e a torre de controle de voo foi aumentada, com mais espaço e uma visão melhor, informou o Global Times.

O sistema de propulsão e o sistema de energia também tiveram várias otimizações e melhorias e agora estão mais estáveis ​​e eficientes, de acordo com a reportagem. Outros locais, incluindo o convés de voo e o sistema de combustível, também receberam melhorias.

Lu Qiangqiang, imediato do Liaoning, disse à CCTV que as modificações foram feitas graças às experiências que eles tinham reunido durante os exercícios de treinamento e testes anteriores. “Essas mudanças definitivamente nos ajudarão a fazer o melhor do navio, melhorar nossos protocolos de treinamento e impulsionar nossa capacidade de combate ainda mais”, disse Lu.

“O Liaoning está mudando de um navio de treinamento e teste para um navio de combate. Acredito que esse processo está indo cada vez mais rápido e atingiremos nosso objetivo muito em breve”, disse Lu. As experiências obtidas com o grupo aéreo do Liaoning também serão usadas nos novos porta-aviões da China, disse um especialista militar anônimo ao Global Times na quarta-feira.

O Liaoning era o porta-aviões abandonado ucraniano Varyag (da mesma classe do porta-aviões russo Almirante Kuznetsov) comprado por uma empresa chinesa em circunstâncias misteriosas por apenas US$ 8 milhões. Foi amplamente modernizado para uso como navio de treinamento e precursor do programa de porta-aviões da China.

Smart TV 4K LED 50” Philco PTV50F60SN Wi-Fi - Conversor Digital 3 HDMI 1 USB

Smart TV 4K LED 50” Philco PTV50F60SN Wi-Fi - Conversor Digital 3 HDMI 1 USB

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas