Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Empresa chinesa faz peças para F-35? Revelação surge em meio a polêmicas envolvendo Huawei

Em meio à briga contínua entre os EUA e a gigante tecnológica chinesa Huawei, classificada como ameaça à segurança por Washington, verificou-se que uma subsidiária com sede no Reino Unido de uma companhia chinesa fabrica peças para os jatos americanos F-35.
Sputnik

Trata-se da companhia chinesa Exception PCB, com sede no condado britânico de Gloucestershire, que fabrica placas de circuitos que controlam os motores, iluminação, combustível e sistemas de navegação dos caças F-35 – o sistema de armas mais caro já feito.

De acordo com a emissora britânica Sky, citando materiais divulgados pelo Ministério da Defesa do Reino Unido, a empresa que fabrica componentes para os caças da Lockheed Martin foi comprada em 2013 pela companhia chinesa Shenzhen Fastprint, que inclusive já participou da fabricação de caças Eurofighter Typhoon e de helicópteros de ataque Apache.

"A Exception PCB, com sede em Gloucestershire, fabrica placas de circuito impresso que controlam muitas das principais capacid…

Portal norte-coreano alerta vizinho do Sul sobre 'catástrofe' com entrega de caças F-35

Nas últimas décadas, as relações entre as duas Coreias melhoraram consideravelmente com inúmeros diálogos para alcance de paz, incluindo as cúpulas entre EUA e Coreia do Norte sobre a desnuclearização da península em troca de garantias norte-americanas de segurança e cancelamento de sanções.


Sputnik

Porém, a Coreia do Norte condenou os sul-coreanos pela decisão de usar caças norte-americanos F-35 de quinta geração, segundo o portal Uriminzokkiri, que transmite notícias da KCNA.

Aeronaves norte-americanas e sul-coreanas voam sobre a península coreana
© AP Photo / South Korea Defense Ministry

Alertando Seul quanto a "consequências catastróficas" com a utilização de caças americanos na região, a mídia norte-coreana enfatizou que "ação hostil agrava as tensões militares na península coreana e é um desafio direto às iniciativas para alcançar a paz".

A Coreia do Sul recebeu dois primeiros caças F-35 no mês passado e aguarda mais oito até o final do ano. O país asiático encomendou 40 unidades do caça norte-americano, que devem ser entregues até 2021.

Antes da entrega das aeronaves, os pilotos sul-coreanos realizaram treinamentos em seis caças F-35 em uma base aérea no Arizona.

A Força Aérea norte-coreana consiste em grande parte em aeronaves soviéticas, como o MiG-21, Su-25, MiG-23 e MiG-29, tendo sido introduzidos pela primeira vez nos anos 80.

Era esperado alcance de paz na península coreana, mas a última cúpula entre o líder norte-coreano, Kim Jong-un, e o presidente norte-americano, Donald Trump, terminou sem nenhum acordo considerável.

Além disso, o chefe interino do Pentágono, Patrick Shanahan, enfatizou que os EUA não deveriam reduzir a dimensão de exercícios militares na Coreia do Sul.

Aviao Jaguar GR-1 / GR-3 - HELLER

Aviao Jaguar GR-1 / GR-3 - HELLER

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas