Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Empresa chinesa faz peças para F-35? Revelação surge em meio a polêmicas envolvendo Huawei

Em meio à briga contínua entre os EUA e a gigante tecnológica chinesa Huawei, classificada como ameaça à segurança por Washington, verificou-se que uma subsidiária com sede no Reino Unido de uma companhia chinesa fabrica peças para os jatos americanos F-35.
Sputnik

Trata-se da companhia chinesa Exception PCB, com sede no condado britânico de Gloucestershire, que fabrica placas de circuitos que controlam os motores, iluminação, combustível e sistemas de navegação dos caças F-35 – o sistema de armas mais caro já feito.

De acordo com a emissora britânica Sky, citando materiais divulgados pelo Ministério da Defesa do Reino Unido, a empresa que fabrica componentes para os caças da Lockheed Martin foi comprada em 2013 pela companhia chinesa Shenzhen Fastprint, que inclusive já participou da fabricação de caças Eurofighter Typhoon e de helicópteros de ataque Apache.

"A Exception PCB, com sede em Gloucestershire, fabrica placas de circuito impresso que controlam muitas das principais capacid…

Rússia planeja abrir serviço de manutenção técnica de helicópteros na Venezuela este ano

A criação de um centro de reparação e manutenção técnica de helicópteros na Venezuela deverá ser concluída este ano, anunciou à Sputnik Igor Chechikov, vice-diretor da empresa Vertolyoty Rossii (Helicópteros da Rússia), que faz parte da corporação estatal Rostec.


Sputnik

Anteriormente a abertura do centro de manutenção estava prevista até ao final de 2018. Durante os últimos dez anos, a Rússia forneceu mais de 50 helicópteros do modelo Mi à Venezuela.

Helicópteros russos Mi-35
Mil Mi-35 © Sputnik / Kirill Kallinikov

"Neste momento quase todo o equipamento necessário já chegou ao país. Os técnicos de manutenção também já estão lá, decorrem as atividades de instalação e calibragem. Esperamos que este ano o trabalho [de criação do centro] seja concluído'', disse Chechikov.

De acordo com o vice-diretor, este é um contrato vigente já há alguns anos. "A Venezuela está interessada na continuação do projeto. Nós estamos interessados em cumprir nossos compromissos e vamos levá-los a cabo. A futura cooperação dependerá da vontade da Venezuela'', salientou Chechikov.

A Venezuela é o maior importador de armamento russo na América Latina. A maior parte dos contratos havia sido assinada e implementada ainda antes do começo da instabilidade política no país.

Os vários contratos militares realizados com este país ascenderam a bilhões de dólares. Foram fornecidos tanques T-72, veículos blindados BTR-80, sistemas de lançamento de mísseis Pechora, S-300, entre outros.

Na passada quarta-feira, Igor Chechikov anunciou à Sputnik a abertura de um centro de serviços de reparação e manutenção de helicópteros Mi-35M no Brasil, na cidade de Belo Horizonte.

Smartphone Samsung Galaxy J4+ 32GB Dual Chip Tela 6 Câmera 13MP 5MP Android 8.1 Preto

Smartphone Samsung Galaxy J4+ 32GB Dual Chip Tela 6 Câmera 13MP 5MP Android 8.1 Preto

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas