Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Os mísseis russos que se tornaram alvo de disputa entre EUA e Turquia

A Turquia, dona do segundo maior Exército entre os 29 países que compõem a Otan (Organização do Tratado do Atlântico Norte), está prestes a adquirir mísseis antiaéreos S-400.
BBC News Brasil

Os S-400 são os mísseis "terra-ar" mais avançados do mundo e se tornaram motivo de uma disputa entre Turquia e Estados Unidos que pode ameaçar a aliança militar das potências ocidentais.

Isso porque os S-400 são fabricados na Rússia, o principal rival da organização fundada em 1949 justamente para se opor à então União Soviética.

A insistência da Turquia em adquirir os mísseis russos irritou os Estados Unidos, que encaram a decisão como uma potencial ameaça para seus aviões de combate F-35, também em vias de serem comprados pelos turcos.
Troca de farpas

"Não ficaremos de braços cruzados enquanto os aliados da Otan compram armas dos nossos adversários", advertiu o vice-presidente dos EUA, Mike Pence, durante um encontro organizado há poucos dias em Washington para celebrar o aniversár…

Rússia: terroristas violam cessar-fogo em 3 províncias sírias

As violações de cessar-fogo por grupos terroristas e de oposição armada ao governo foram registradas nas últimas 24 horas nas províncias sírias de Latakia, Idlib e Aleppo, informou neste sábado o chefe do Centro de Reconciliação Síria do Ministério da Defesa da Rússia, o major-general Viktor Kupchishin.


Sputnik
"No último dia, militantes atacaram assentamentos de Safsafa e Jubb al-Mgara na província de Latakia, Abu-Omar (duas vezes) na província de Idlib, Tel Hamra e Hara na província de Aleppo", disse Kupchishin durante uma coletiva de imprensa.

Engenheiros militares russos ajudam a neutralizar minas em áreas orientais da cidade síria de Aleppo (foto de arquivo)
Engenheiros militares russos na Síria © Sputnik / Ministério da Defesa da Rússia

Kupchishin observou que, no último dia, o centro de reconciliação não realizou ações humanitárias. Ele acrescentou que um total de 2.096 ações humanitárias foram realizadas pelo centro desde o início do processo de assentamento na Síria.

Kupchishin salientou que as obras para recuperar a infra-estrutura social na Síria continuaram.

"A infra-estrutura social está sendo recuperada. 31.545 casas, 843 instalações educacionais e 156 centros médicos foram recuperados. Além disso, 1.031,1 km de estradas foram consertadas", disse o chefe do centro.

Rússia, junto com Turquia e Irã, ajuda na manutenção do regime de cessar-fogo na Síria.

Moscou também tem ajudado Damasco em sua luta contra grupos terroristas, fornecendo ajuda humanitária aos residentes locais e facilitando o retorno de refugiados.

Rack com Painel para TV até 55” 2 Portas - Caemmun Premium Elegance

Rack com Painel para TV até 55” 2 Portas - Caemmun Premium Elegance

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas