Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Empresa chinesa faz peças para F-35? Revelação surge em meio a polêmicas envolvendo Huawei

Em meio à briga contínua entre os EUA e a gigante tecnológica chinesa Huawei, classificada como ameaça à segurança por Washington, verificou-se que uma subsidiária com sede no Reino Unido de uma companhia chinesa fabrica peças para os jatos americanos F-35.
Sputnik

Trata-se da companhia chinesa Exception PCB, com sede no condado britânico de Gloucestershire, que fabrica placas de circuitos que controlam os motores, iluminação, combustível e sistemas de navegação dos caças F-35 – o sistema de armas mais caro já feito.

De acordo com a emissora britânica Sky, citando materiais divulgados pelo Ministério da Defesa do Reino Unido, a empresa que fabrica componentes para os caças da Lockheed Martin foi comprada em 2013 pela companhia chinesa Shenzhen Fastprint, que inclusive já participou da fabricação de caças Eurofighter Typhoon e de helicópteros de ataque Apache.

"A Exception PCB, com sede em Gloucestershire, fabrica placas de circuito impresso que controlam muitas das principais capacid…

Submarino nuclear britânico não sai para missão por uso de droga entre marinheiros

A Marinha Real Britânica recusou apresentar a lista dos marinheiros que falharam os testes de drogas, depois de uma verificação dos tripulantes do submarino HMS Talent.


Sputnik

Sete tripulantes foram desembarcados de um submarino da Marinha Britânica depois de testes positivos de cocaína durante o serviço. O submarino HMS Talent, com uma tripulação de 120 homens, incluindo 20 oficiais, deveria iniciar uma missão sensível: monitorar a atividade dos submarinos russos no mar do Norte e zona do Ártico, anunciou o The Daily Mail na sexta (12). 

Resultado de imagem para HMS Talent
HMS Talent (S-92) | Royal Navy

O jornal citou fontes da Marinha Real Britânica, segundo as quais os militares falharam os testes de drogas obrigatórios após participarem de uma festa com drogas e voltarem ao submarino, atracado na base naval de Devonport. A polícia militar deteve os marinheiros.

A missão do navio deveria começar na sexta-feira, mas ontem à noite ainda se encontrava na base. As fontes informaram que a razão do atraso não é clara, mas que é necessário que o submarino tenha a tripulação completa.

Uma fonte descreveu o incidente como um "grande constrangimento para os comandantes" e acrescentou que "o treinamento dos submarinistas para serem capazes de desempenhar funções altamente qualificadas e altamente sensíveis no mar demora vários anos e a Marinha perdeu sete rapazes por causa de uma noite de estupidez."

"O Ministério da Defesa tem uma política de drogas de tolerância zero e não irá permitir o uso indevido de drogas pelo pessoal de serviço sob qualquer forma ou em qualquer momento. Qualquer pessoal flagrado a tomar drogas será afastado", apontou outra fonte.

O submarino de classe Trafalgar HMS Talent está equipado com mísseis de cruzeiro Tomahawk e efetua missões de monitorização usando câmeras e periscópios térmicos.

Em 2017, nove marinheiros foram afastados da Marinha Real Britânica por causa de drogas.

Tela de Projeção Nardelli Tripé Standard NRT-004 (200 x 150)

Tela de Projeção Nardelli Tripé Standard NRT-004 (200 x 150)

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas