Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Os mísseis russos que se tornaram alvo de disputa entre EUA e Turquia

A Turquia, dona do segundo maior Exército entre os 29 países que compõem a Otan (Organização do Tratado do Atlântico Norte), está prestes a adquirir mísseis antiaéreos S-400.
BBC News Brasil

Os S-400 são os mísseis "terra-ar" mais avançados do mundo e se tornaram motivo de uma disputa entre Turquia e Estados Unidos que pode ameaçar a aliança militar das potências ocidentais.

Isso porque os S-400 são fabricados na Rússia, o principal rival da organização fundada em 1949 justamente para se opor à então União Soviética.

A insistência da Turquia em adquirir os mísseis russos irritou os Estados Unidos, que encaram a decisão como uma potencial ameaça para seus aviões de combate F-35, também em vias de serem comprados pelos turcos.
Troca de farpas

"Não ficaremos de braços cruzados enquanto os aliados da Otan compram armas dos nossos adversários", advertiu o vice-presidente dos EUA, Mike Pence, durante um encontro organizado há poucos dias em Washington para celebrar o aniversár…

Turquia pode comprar o caça russo Su-35 se EUA não liberarem o F-35

Washington arrisca perder o mercado de armas turco se continuar atrasando a entrega dos F-35s acordados com Ancara, já que a Turquia pode simplesmente passar a comprar aviões de combate da Rússia, segundo a agência russa RT.


Poder Aéreo

“Se os EUA não enviarem os jatos para a Turquia, Ancara certamente poderá comprar os Su-35 da Rússia”, disse Viktor Litovkin, analista militar da agência de notícias russa Tass.

Sukhoi Su-35
Sukhoi Su-35

Ambas as aeronaves têm características comparáveis, disse Litovkin, acrescentando que Moscou não correria o risco de sofrer vazamento de tecnologia militar sensível, porque o software do jato é difícil de decifrar. Também não exigiria muito esforço para integrar os aviões aos militares turcos.

Políticos em Washington têm tentado pressionar a Turquia da OTAN a abandonar o acordo de compra sistemas de defesa antimísseis S-400 de Moscou. Esta semana, senadores dos EUA apresentaram um projeto de lei pedindo a proibição da transferência de 100 caças F-35, previamente acordados com a Turquia, a menos que ela garanta que não comprará armas da Rússia. A entrega dos aviões feitos pelos EUA já foi efetivamente bloqueada pelo Senado no ano passado.

Enquanto isso, a liderança turca defende fortemente seu direito de comprar armas de quem quisesse e repetidamente reafirmou que manterá o contrato do S-400.

As tentativas de pressionar Ancara são “um sinal de concorrência desleal” que os EUA empregam para “forçar” a venda de seu próprio sistema antimísseis de defesa antimísseis, o MIM-104 Patriot PAC 3, disse Litovkin. Ele acredita que Washington provavelmente continuará a chantagear seu aliado pelo tempo que puder, mas em algum momento será forçado a conceder e entregar os jatos prometidos à Turquia.

FONTE: RT.com

Avião PT 19B Fairchild - FAB - GIIC

Avião PT 19B Fairchild - FAB - GIIC

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas