Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Os mísseis russos que se tornaram alvo de disputa entre EUA e Turquia

A Turquia, dona do segundo maior Exército entre os 29 países que compõem a Otan (Organização do Tratado do Atlântico Norte), está prestes a adquirir mísseis antiaéreos S-400.
BBC News Brasil

Os S-400 são os mísseis "terra-ar" mais avançados do mundo e se tornaram motivo de uma disputa entre Turquia e Estados Unidos que pode ameaçar a aliança militar das potências ocidentais.

Isso porque os S-400 são fabricados na Rússia, o principal rival da organização fundada em 1949 justamente para se opor à então União Soviética.

A insistência da Turquia em adquirir os mísseis russos irritou os Estados Unidos, que encaram a decisão como uma potencial ameaça para seus aviões de combate F-35, também em vias de serem comprados pelos turcos.
Troca de farpas

"Não ficaremos de braços cruzados enquanto os aliados da Otan compram armas dos nossos adversários", advertiu o vice-presidente dos EUA, Mike Pence, durante um encontro organizado há poucos dias em Washington para celebrar o aniversár…

WSJ: Arábia Saudita teria financiado ofensiva de Haftar contra governo da Líbia

O marechal Khalifa Haftar, comandante do Exército Nacional da Líbia que lançou na semana passada uma ofensiva contra o Governo do Acordo Nacional, liderado por Fayez al-Sarraj, teria aceitado dezenas de milhões de dólares oferecidos pela Arábia Saudita dias antes de iniciar a operação, escreva o jornal The Wall Street Journal.


Sputnik

Segundo comunicou na quinta-feira (13) o jornal, citando fontes anônimas na capital da monarquia árabe, o dinheiro foi fornecido ao comandante líbio durante sua visita a Riad no final do mês passado.

Resultado de imagem para Khalifa Haftar
Marechal Khalifa Haftar | Reprodução

"Fomos muito generosos", disse um alto funcionário saudita.

O dinheiro concedido pela Arábia Saudita deveria ser usado para subornar líderes tribais, pagar aos soldados do Exército Nacional da Líbia (LNA, na sigla em inglês) e cobrir outras demandas da campanha militar.

Não é a primeira vez que o marechal Haftar é acusado de receber ajuda da Arábia Saudita. Por exemplo, há uma semana, um general de brigada leal ao governo de Trípoli, Mohammad al-Qunidi, declarou que o LNA estava atacando a capital do país com armas egípcias, dos Emirados e sauditas.

"Os três países árabes apoiam as milícias de Haftar para criar um novo Al-Sisi [presidente do Egito] na Líbia", afirmou ele ao jornal Al Khaleed Online.

Ao mesmo tempo, Wolfram Lacher, especialista do Instituto Alemão para Assuntos Internacionais e Segurança, disse, citado pelo jornal, que está convencido de que o apoio de outros países é um fator determinante para a posição atual do marechal rebelde. "Haftar não seria um jogador hoje sem o apoio estrangeiro que recebeu", enfatizou.

Smartphone Samsung Galaxy J6 Camera 13MP, TV Digital HD, Dual Chip, Android, 8.0, Processador Octa Core e 2GB de RAM, 64GB, Violeta, Tela de 5,6

Smartphone Samsung Galaxy J6 Camera 13MP, TV Digital HD, Dual Chip, Android, 8.0, Processador Octa Core e 2GB de RAM, 64GB, Violeta, Tela de 5,6

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas