Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Irã ameaça romper limite de reservas de urânio; entenda o que país pode fazer se sair de acordo nuclear

Sem regulação, país pode adotar equipamentos mais modernos e rápidos e ampliar volume de enriquecimento de material que pode ser usado em armas nucleares. Acordo foi firmado em 2015 entre Irã e mais seis países, mas Trump retirou EUA em maio de 2018.
Associated Press

O Irã anunciou que irá exceder o limite de reservas de urânio determinado pelo acordo nuclear de 2015, ampliando as tensões no Oriente Médio.

O prazo de 27 de junho dado por Teerã vem antes de outra data limite, 7 de julho, para que a Europa apresente melhores termos para que o país permaneça no acordo. Se essa segunda data passar sem nenhuma ação, o presidente iraniano Hassan Rouhani diz que a república islâmica irá provavelmente retomar o alto enriquecimento de urânio.

Veja a seguir em que situação está o programa nuclear do Irã atualmente:

O acordo nuclear

O Irã fechou um acordo nuclear em 2015 com Estados Unidos, França, Alemanha, Reino Unido, Rússia e China. O acordo, formalmente conhecido como Plano de Ação Conjunto Abran…

Base Aérea de Nellis revela F-16 com esquema de cores do Su-57 (VIDEO)

A Base Aérea de Nellis divulgou imagens do caça F-16C Fighting Falcon do 64th Aggressor Squadron em um novo esquema de pintura adaptado do caça furtivo russo Sukhoi Su-57.


Poder Aéreo

“Um novo adversário chegou. O fantasma está aqui! Tenha medo! (The GHOST is here! be afraid!)”, anunciou a Base Aérea de Nellis em sua conta do Facebook.



A pintura do F-16 Aggressor replica os esquema de pintura, marcações e insígnias do jato de combate furtivo da Força Aérea Russa. O esquema, inspirado no russo Su-57, permite que os pilotos em treinamento que estão dentro do alcance visual desses jatos adversários obtenham a mesma visão que teriam se estivessem envolvidos em um combate real.

Coincidentemente nesta semana, durante uma reunião com chefes de defesa e representantes da indústria em 15 de maio, Vladimir Putin disse que a Força Aérea Russa precisará de três regimentos completos equipados com o Su-57 até 2028, compreendendo 76 caças.

Durante o mesmo encontro, o ministro da Defesa russo, Sergei Shoigu, observou que o custo por unidade da aeronave e equipamentos associados diminuiu em 20%.



Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas