Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Trump não precisa de autorização do Congresso para declarar guerra ao Irã, diz analista

Donald Trump pode não precisar do aval do Congresso para declarar guerra contra o Irã, algo que seus conselheiros "vêm construindo discretamente" um caso em meio a sanções crescentes, informa Jonathan Allen, da NBC News.
Sputnik

O articulista afirma que os principais elementos do plano incluem ligar a al-Qaeda ao Irã para retratar a República Islâmica como uma ameaça terrorista aos EUA, "o que é exatamente o que as autoridades do governo vêm fazendo nas últimas semanas".

"Isso poderia dar a Trump a justificativa que ele precisa para combater o Irã sob a resolução de uso de força de 2001, sem aprovação do Congresso", Allen argumenta, acrescentando que o Congresso dificilmente concederá ao presidente americano "nova autoridade para atacar o Irã nas circunstâncias atuais ”.

Os comentários do autor vêm depois que o New York Times citou vários altos funcionários norte-americanos não identificados dizendo que “[o presidente Donald] Trump foi firme em dizer que…

China construiu 20 destróieres em 7 anos e deve manter o ritmo de produção

Marinha Chinesa construiu 20 destróieres, 20 fragatas e 60 corvetas em 7 anos. Produção em massa continuará com o novo Type 055


Poder Naval

A China deve construir ainda mais destróieres de mísseis guiados, disseram analistas militares chineses, quando a China lançou dois destróieres de mísseis guiados Type 052D na sexta-feira em Dalian, cidade costeira da província de Liaoning, no nordeste da China.

Destróier Type 052D

Com bandeiras nacionais chinesas, os dois destróieres Tipo 052D foram lançados no estaleiro de Dalian no dia 10 de maio com a ajuda de rebocadores, marcando o 19º e 20º lançamentos do gênero, segundo o site de notícias wenweipo.com.

A China agora tem 20 navios Type 052Ds em serviço ativo ou em serviço em breve, segundo a reportagem.


Wei Dongxu, analista militar de Pequim, disse ao Global Times no domingo que 20 unidades não serão o fim do desenvolvimento dos navios, e que a China pode ter mais de 30 no futuro.

“A plataforma Type 052D é bastante confiável e usa tecnologias muito maduras. Elas a tornam adequada para produção em massa”, disse Wei, observando que os destróieres desempenharão papéis cruciais no sistema de defesa aérea da frota chinesa.

O destróier Tipo 052D desenvolvido localmente teve melhorias significativas em relação ao seu predecessor, o Type 052C.

Type 052D e 052C

É equipado com armas e equipamentos, incluindo avançados sistemas de radar de varredura eletrônica ativa e 64 células de mísseis de lançamento vertical.

O navio é capaz de realizar missões de escolta e defesa aérea, disseram especialistas.

O lançamento duplo do Type 052D do Dalian Shipyard ocorreu após outro lançamento duplo em julho de 2018.

Os navios lançados na época eram dois Type 055, o destróier mais avançado da China, com um deslocamento de mais de 10.000 toneladas e 112 células de mísseis de lançamento vertical.

Destróier Type 055

A China planejou oito Type 055 para o primeiro lote, disse a Upolitics, uma conta do WeChat administrada pelo Beijing Youth Daily.

O Type 055 fez sua estreia no desfile em 23 de abril, quando a Marinha do Exército de Libertação Popular celebrou seu 70º aniversário.

Embora o Type 055 pareça superior ao Type 052D de todas as maneiras, os analistas chineses disseram que o primeiro não substituirá o último tão cedo.

O destróier Type 055 pode fornecer guarda-chuvas de defesa aérea mais fortes para, por exemplo, um grupo de combate de porta-aviões, mas não é necessário despachar um navio com seu calibre para cada missão, porque para muitos o Type 052D menor e mais barato seria suficiente.

Em contrapartida, a Marinha dos EUA atualmente opera mais de 60 destróieres da classe “Arleigh Burke” e mais de 20 cruzadores da classe “Ticonderoga”.

PLA Navy versus JMSDF 

Comparação do crescimento em 20 anos entre a Marinha Chinesa e a Força Marítima de Auto-Defesa do Japão


Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas