Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Prestes a 'ganhar' território do tamanho da Arábia Saudita, Brasil carece de recursos para defesa

A ONU deve ratificar no próximo mês, o pleito brasileiro em estender sua faixa de águas jurisdicionais em pelo menos 2,1 milhões de km², uma área equivalente à extensão da Arábia Saudita. Para especialista ouvido pela Sputnik Brasil, movimento precisa vir acompanhado de modernização da Marinha.
Sputnik

Como a Sputnik Brasil mostrou em maio, a demanda já dura há pelo menos 30 anos e tem relação com medições técnicas sobre o ponto onde termina o Brasil continental e até onde é lícito explorar as águas do entorno. O mar territorial brasileiro têm atualmente cerca de 12 milhas náuticas (22 quilômetros) na faixa de água e uma zona econômica exclusiva de 200 milhas náuticas (370 quilômetros). Na parte de solo e sub-solo, área na qual o Brasil pleiteia a extensão, há um limite de mais 200 milhas regulamentadas.

Responsável pela proteção da área oceânica, a Marinha brasileira vem desenvolvendo pesquisas na região desde 2004. Os militares já identificaram potencial possibilidade de exploração de …

Enviado americano: EUA não podem confirmar relatos de uso de armas químicas em Idlib

O Departamento de Estado dos EUA alegou nesta semana ter detectado indícios de que o exército sírio poderia estar usando armas químicas no país. Tanto os EUA como o Reino Unido prometeram responder de forma "rápida e apropriada", em caso de necessidade.


Sputnik

O enviado especial dos EUA para a Síria, James Jeffrey, afirmou durante seu discurso ao Comitê de Relações Exteriores da Câmara dos Representantes que Washington, até agora, não pode confirmar o suposto uso de armas químicas na província síria de Idlib.

Soldados da artilharia do exército sírio na província de Idlib, no noroeste da Síria (foto de arquivo)
© Sputnik / Ilya Pitalev

"Estamos observando [a situação] de perto, bem como os relatos de uso de armas químicas. Até agora, não podemos confirmar, mas estamos verificando", disse ele.

O Departamento de Estado dos EUA afirmou anteriormente ter visto sinais de que o exército sírio pode estar usando armas químicas no país e reiterou as ameaças anteriores de Washington de que "responderia de modo rápido e apropriado" se as acusações se mostrarem corretas, no que foram apoiados por Reino Unido.

Por outro lado, o Chefe do Centro Russo de Reconciliação na Síria, major-general Viktor Kupchishin, declarou em 21 de maio que os terroristas que operam na zona de desescalada de Idlib possuem quantidades significativas de substâncias venenosas e planejam usá-las em provocações encenadas. Essas ações, de acordo com Kupchishin, teriam como objetivo acusar o exército sírio de "ataques químicos" contra civis.

O Ministério da Defesa da Rússia alertou, em 17 de maio, que o grupo terrorista Frente al-Nusra se preparava para realizar um ataque de bandeira falsa em Idlib, na Síria, em uma tentativa de acusar as Forças Aeroespaciais russas por atacar civis usando armas químicas. O grupo planejava filmar o suposto envenenamento de civis ao lado de fragmentos de munições russas para obter o efeito desejado, acrescentou o ministério.

Forno Elétrico de Embutir A Gas Electrolux Inox 73 Litros 220V

Forno Elétrico de Embutir A Gas Electrolux Inox 73 Litros 220V 220V

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas