Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Fuzileiros Navais do Brasil e dos EUA ratificam acordo de cooperação

Diálogo conversou com o Contra-Almirante (FN) da Marinha do Brasil (MB) Nélio de Almeida para conhecer detalhes dessa parceria
Por Marcos Ommati | Diálogo Américas | Poder Naval

Criar mais oportunidades de intercâmbio de conhecimento e treinamento combinado entre os Fuzileiros Navais do Brasil e dos Estados Unidos. Este é o objetivo principal de um plano de cinco anos ratificado em fevereiro de 2019 entre os representantes de ambas as forças, o Contra-Almirante (FN) da Marinha do Brasil Nélio de Almeida, comandante do Desenvolvimento Doutrinário do Corpo de Fuzileiros Navais (CFN) do Brasil e presidente nacional da Associação de Veteranos desta força, e o Contra-Almirante Michael F. Fahey III, comandante do Corpo de Fuzileiros Navais Sul dos EUA (MARFORSOUTH, em inglês). O C Alte Nélio recebeu Diálogo em seu escritório na Ilha do Governador, Rio de Janeiro, para dar detalhes do acordo e conversar sobre outros temas de interesse das marinhas do Brasil e de outros países da região e dos E…

Força Aérea dos EUA recupera 'Esquadrão Agressor' para melhorar treinamento dos F-35

O Esquadrão Agressor será recuperado e posicionado em uma base aérea em Nevada visando melhorar o treinamento do serviço em caças furtivos, informou a Força Aérea dos EUA.


Sputnik

A Força Aérea dos EUA anunciou sua intenção de reativar o 65º Esquadrão Agressor e de enviar 11 caças F-35A Lightning II para a base da Força Aérea Nellis, em Nevada, para aumentar o nível do treinamento das unidades.

Caça F-35
F-35 Lightining II | CC0 / Pixabay

Segundo a nota de imprensa divulgada em 9 de maio, a decisão foi tomada à luz da recomendação do general Mike Holmes, comandante do Comando de Combate Aéreo (ACC, na sigla em inglês). Ele apelou aos responsáveis para acelerarem o treinamento táctico e de suporte aéreo de proximidade do pessoal aéreo em caças de quinta geração.

"Os esquadrões agressores têm melhorado as capacidades dos pilotos da Força Aérea desde o início dos anos de 1970 [...] Eles oferecem uma dose de realismo aos exercícios aéreos", disse o general David Goldfein, chefe do Estado-Maior da Força Aérea.

A transferência das aeronaves está planejada para o início de 2022.

O Esquadrão Agressor foi desativado em setembro de 2014 e passou cinco anos em estado de conservação como medida para economizar custos.

Aviao HAWK T Mk.1a - HOBBYBOSS

Aviao HAWK T Mk.1a - HOBBYBOSS

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas