Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Irã desloca sistema russo de defesa S-300 para a costa do golfo Pérsico (VÍDEO)

Uma coluna de caminhões iranianos transportando vários sistemas anti-aéreos russos S-300 Favorit para a costa do golfo Pérsico foi capturada em vídeo por um motorista e postada no YouTube.
Sputnik

O vídeo mostra como caminhões transportam partes dos sistemas antiaéreos e coincide com a escalada de tensão entre os Estados Unidos e o Irã com o envio de um grupo de combate naval dos EUA para a costa iranianas, relata Alarabiya.


Segundo o jornal russo Rossiyiskaya Gazeta, o envio dessas unidades do S-300 para a costa persa responde à crescente presença militar e naval dos Estados Unidos. O artigo também explica que as unidades não viajam sozinhas por via terrestre e fazem isso em caminhões para preservar sua vida útil e garantir a segurança durante a viagem.

Em 13 de maio, o comandante das Forças Aeroespaciais da Guarda Revolucionária Islâmica, Amir Ali Hajizadé, assegurou que o país persa estava pronto para atacar os Estados Unidos devido à presença do referido grupo naval na região.

Hajizadé…

Força pode ser último instrumento dos EUA na questão do Irã, diz analista

Os EUA enviaram um grupo de navios liderado por um porta-aviões para a costa do Irã como "sinal" para Teerã. Até que ponto isso pode mudar a política do Irã é a questão analisada por Andrei Koshkin, especialista militar, em entrevista ao serviço russo da Rádio Sputnik.


Sputnik

Um porta-aviões e diversos bombardeiros estão a caminho da costa do Irã. Segundo o conselheiro de Segurança Nacional do presidente estadunidense, John Bolton, Washington está pronto para recorrer à força caso o Irã atente contra os interesses norte-americanos ou de seus aliados. 

Porta-aviões USS Carl Vinson (imagen referencial)
USS Carl Vinson © REUTERS / Z.A. Landers/Courtesy U.S. Navy

É pouco provável que a pressão dos EUA sobre o Irã atinja o objetivo pretendido, opina, em entrevista ao serviço russo da Rádio Sputnik, o especialista militar russo Andrei Koshkin, chefe da Cátedra de Estudos Políticos e Sociais da Universidade Russa de Economia.

Ultimamente, a pressão dos EUA nas relações com o Irã aumentou significativamente. Os EUA deram diversos passos hostis, tal como a classificação do Corpo de Guardiões da Revolução Islâmica (IRGC, na sigla em inglês) como organização terrorista, considera Andrei Koshkin.

"Os EUA estão sufocando o Irã economicamente, privando o país de exportar o seu petróleo. A pressão é efetuada por todos os meios possíveis. Agora, resta utilizar a força […] para obrigar o Irã a não fazer aquilo que desagrada aos EUA", afirmou o analista.

Há pouco tempo, Bolton disse que o grupo naval liderado pelo porta-aviões deveria ser um "sinal" para o Irã, recordou Andrei Koshkin.

Isso pode levar ao aumento da tensão nas relações entre os dois países e até mesmo a ações militares demonstrativas por parte dos EUA, acha o analista militar.

"Entretanto o Irã já se acostumou há décadas a viver sob as sanções estadunidenses e não tenciona fazer qualquer concessão em sua política externa, principalmente aos EUA", concluiu o especialista militar russo Andrei Koshkin.

PES 2019 Pro Evolution Soccer para PS4 - Konami

PES 2019 Pro Evolution Soccer para PS4 - Konami PS4

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas