Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Irã desloca sistema russo de defesa S-300 para a costa do golfo Pérsico (VÍDEO)

Uma coluna de caminhões iranianos transportando vários sistemas anti-aéreos russos S-300 Favorit para a costa do golfo Pérsico foi capturada em vídeo por um motorista e postada no YouTube.
Sputnik

O vídeo mostra como caminhões transportam partes dos sistemas antiaéreos e coincide com a escalada de tensão entre os Estados Unidos e o Irã com o envio de um grupo de combate naval dos EUA para a costa iranianas, relata Alarabiya.


Segundo o jornal russo Rossiyiskaya Gazeta, o envio dessas unidades do S-300 para a costa persa responde à crescente presença militar e naval dos Estados Unidos. O artigo também explica que as unidades não viajam sozinhas por via terrestre e fazem isso em caminhões para preservar sua vida útil e garantir a segurança durante a viagem.

Em 13 de maio, o comandante das Forças Aeroespaciais da Guarda Revolucionária Islâmica, Amir Ali Hajizadé, assegurou que o país persa estava pronto para atacar os Estados Unidos devido à presença do referido grupo naval na região.

Hajizadé…

GAO identifica problemas de corrosão e delaminação no canopi do F-35

O Government Accountability Office (GAO), órgão associado ao Congresso dos Estados Unidos e equivalente ao Tribunal de Contas da União (TCU) aqui do Brasil, divulgou relatórios recentes sobre o programa do caça F-35 no final do mês de abril. Os relatórios abordam novos problemas do programa. Um deles diz respeito ao canopi (cobertura da cabine do piloto).


Por Guilherme Poggio | Poder Aéreo

Segundo relatório GAO-19-341, publicado em 29 de abril, a frota de caças F-35 (todos os modelos) experimentou aproximadamente 20 incidentes relacionados ao processo de delaminação do revestimento especial do canopi depois de menos de 100 horas de voo.

F-35A Lightning II

O processo de delaminação ocorre quanto as diferentes lâminas que compõem o revestimento especial do canopi acabam se descolando umas das outras e assim gerando bolhas de ar na cobertura transparente.

Cabe destacar que o revestimento especial é responsável pela furtividade do canopi. Em geral a transparência do canopi permite que a energia dos radares atravessem o mesmo e reflitam nos diversos componentes do cockpit como o capacete do piloto, o assento ejetável e a cobertura do painel (itens que aparecem na foto do início desta matéria). Uma das formas de tornar o canopi furtivo é cobri-lo com um material especial que o transforma numa extensão da fuselagem.

De acordo com o relatório o fabricante deste componente da aeronave estava testando diversas soluções para o problema e esperava-se que os mesmos fossem encerrados em janeiro deste ano (mesmo datado de abril o relatório na divulgou os resultados destes testes).

Outro documento produzido pelo GAO (GAO-19-321) informa que o contratado não conseguiu produzir um número necessário de unidades para atender à demanda. No momento o programa procura por fabricantes adicionais e estuda modificações no projeto do mesmo.

Além da delaminação os canopis dos F-35 também enfrentam problemas de corrosão. Esta corrosão é causada pela umidade que se instala em pequenas fissuras que surgem por problemas de variação de pressão associada à baixa adesividade do material que faz a união entre a parte transparente com as demais partes.

Até o momento o programa identificou a necessidade de modificar 173 canopis ao longo de quatro anos. O contratado desta peça começou a introduzir novos materiais na linha de produção e criou procedimentos padronizados de reparo para mitigar o problema.

Aviao Dornier Do-17-Z - AIRFIX

Aviao Dornier Do-17-Z - AIRFIX

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas