Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Fuzileiros Navais do Brasil e dos EUA ratificam acordo de cooperação

Diálogo conversou com o Contra-Almirante (FN) da Marinha do Brasil (MB) Nélio de Almeida para conhecer detalhes dessa parceria
Por Marcos Ommati | Diálogo Américas | Poder Naval

Criar mais oportunidades de intercâmbio de conhecimento e treinamento combinado entre os Fuzileiros Navais do Brasil e dos Estados Unidos. Este é o objetivo principal de um plano de cinco anos ratificado em fevereiro de 2019 entre os representantes de ambas as forças, o Contra-Almirante (FN) da Marinha do Brasil Nélio de Almeida, comandante do Desenvolvimento Doutrinário do Corpo de Fuzileiros Navais (CFN) do Brasil e presidente nacional da Associação de Veteranos desta força, e o Contra-Almirante Michael F. Fahey III, comandante do Corpo de Fuzileiros Navais Sul dos EUA (MARFORSOUTH, em inglês). O C Alte Nélio recebeu Diálogo em seu escritório na Ilha do Governador, Rio de Janeiro, para dar detalhes do acordo e conversar sobre outros temas de interesse das marinhas do Brasil e de outros países da região e dos E…

General: EUA devem manter tropas no Afeganistão como 'enquanto insurgência existir'

O comandante do Estado-Maior das Forças Armadas dos EUA, general Joseph Dunford, afirmou durante uma audiência no Congresso que Washington precisa manter a presença de suas forças no Afeganistão até que a insurgência seja erradicada do país.


Sputnik

"Acho que precisaremos manter uma presença antiterrorista enquanto a insurgência continuar no Afeganistão", disse ele.

Brigadeiro-general e comandante geral da Força-Tarefa do Sudoeste, Roger Turner cumprimenta o general Joseph F. Dunford Jr. na Base Aérea de Bastion, Afeganistão.
© Foto : Sgt. Lucas Hopkins (US Marine Corps handout)

A declaração vem logo após um ataque de militantes do Talibã a um escritório da organização de ajuda da ONG Contraparte Internacional em Cabul, no Afeganistão. O bombardeio e o subsequente ataque custaram a vida de quatro pessoas e deixaram outros 24 feridos. O grupo terrorista assumiu a responsabilidade pelo ataque e, de acordo com a imprensa local, afirmou que a ONG fazia parte de uma rede dos EUA "envolvida em atividades ocidentais prejudiciais".

O ataque à organização humanitária aconteceu em meio às negociações entre Washington e o Talibã, que tentam por fim à guerra de 17 anos no Afeganistão, garantindo a retirada das tropas americanas e o cessar das hostilidades militantes no país.

Os EUA querem receber garantias da liderança do grupo que o Afeganistão não se tornará um refúgio seguro para as organizações terroristas após a saída das forças. As negociações já passaram por cinco rodadas, mas até agora não foram bem-sucedidas — embora as autoridades dos EUA tenham relatado certo progresso.

As forças dos EUA vêm travando uma guerra no Afeganistão desde o final de 2001. O envio de tropas americanas e da OTAN foi uma resposta aos ataques mortais de 11 de setembro nos Estados Unidos no mesmo ano.

Cadeira em Aço de Escritório Giratória Travel Max - Diretor 6010

Cadeira em Aço de Escritório Giratória Travel Max - Diretor 6010

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas