Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Prestes a 'ganhar' território do tamanho da Arábia Saudita, Brasil carece de recursos para defesa

A ONU deve ratificar no próximo mês, o pleito brasileiro em estender sua faixa de águas jurisdicionais em pelo menos 2,1 milhões de km², uma área equivalente à extensão da Arábia Saudita. Para especialista ouvido pela Sputnik Brasil, movimento precisa vir acompanhado de modernização da Marinha.
Sputnik

Como a Sputnik Brasil mostrou em maio, a demanda já dura há pelo menos 30 anos e tem relação com medições técnicas sobre o ponto onde termina o Brasil continental e até onde é lícito explorar as águas do entorno. O mar territorial brasileiro têm atualmente cerca de 12 milhas náuticas (22 quilômetros) na faixa de água e uma zona econômica exclusiva de 200 milhas náuticas (370 quilômetros). Na parte de solo e sub-solo, área na qual o Brasil pleiteia a extensão, há um limite de mais 200 milhas regulamentadas.

Responsável pela proteção da área oceânica, a Marinha brasileira vem desenvolvendo pesquisas na região desde 2004. Os militares já identificaram potencial possibilidade de exploração de …

Pompeo acusa China de ter roubado segredos de defesa dos EUA

O secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, está preocupado que a China tenha roubado segredos de defesa e que os use para avançar tecnologicamente com seus próprios sistemas de ataque, escreve mídia.


Sputnik

"Vimos [os chineses] se envolverem em um aumento de armas muito significativo, não só na quantidade de armas, mas também na sua letalidade, potencialidade e capacidade", disse Pompeo ao canal Fox Business na terça-feira (27).

Secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo
Mike Pompeo © AP Photo / Sait Serkan Gurbuz

De acordo com o artigo, a China, que é a segunda maior e mais poderosa economia do mundo (depois dos EUA) está crescendo rapidamente. Na última década, o país asiático gastou 250 mil milhões de dólares no orçamento militar desde 2018.

A ascensão deu lugar a uma guerra de território internacional, especificamente na área do Indo-Pacífico, onde a autoridade da China está desafiando mais os EUA.

Enquanto ganha domínio no mar do Sul da China, o governo americano definiu uma estratégia muito específica, que é descrita por Pompeo como uma operação abaixo do nível de conflito.

"E isso é algo contra o qual o Departamento de Defesa dos EUA também recuou. Você já viu o aumento da frequência de nossas atividades nesses mesmos lugares, para garantir que o tráfego comercial dos EUA possa continuar tendo acesso a essas linhas marítimas. Elas são muito importantes para a nossa economia e para o crescimento econômico dos Estados Unidos", explicou o ex-diretor da CIA.

Anteriormente, o chefe do Comando de Frotas dos EUA, almirante Philip Davidson, ressaltou que os EUA não venceriam em uma guerra contra a China. Embora Pompeo acredite que "a América é muito capaz", ele não considera que uma guerra contra Pequim seja uma hipótese.

Smartphone LG K11+ 32GB Dourado 4G Octa Core - 3GB RAM Tela 5,3” Câm. 13MP + Selfie 5MP Dual Chip

Smartphone LG K11+ 32GB Dourado 4G Octa Core - 3GB RAM Tela 5,3” Câm. 13MP + Selfie 5MP Dual Chip Dourado

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas