Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Prestes a 'ganhar' território do tamanho da Arábia Saudita, Brasil carece de recursos para defesa

A ONU deve ratificar no próximo mês, o pleito brasileiro em estender sua faixa de águas jurisdicionais em pelo menos 2,1 milhões de km², uma área equivalente à extensão da Arábia Saudita. Para especialista ouvido pela Sputnik Brasil, movimento precisa vir acompanhado de modernização da Marinha.
Sputnik

Como a Sputnik Brasil mostrou em maio, a demanda já dura há pelo menos 30 anos e tem relação com medições técnicas sobre o ponto onde termina o Brasil continental e até onde é lícito explorar as águas do entorno. O mar territorial brasileiro têm atualmente cerca de 12 milhas náuticas (22 quilômetros) na faixa de água e uma zona econômica exclusiva de 200 milhas náuticas (370 quilômetros). Na parte de solo e sub-solo, área na qual o Brasil pleiteia a extensão, há um limite de mais 200 milhas regulamentadas.

Responsável pela proteção da área oceânica, a Marinha brasileira vem desenvolvendo pesquisas na região desde 2004. Os militares já identificaram potencial possibilidade de exploração de …

Rússia e Venezuela continuarão cooperação na indústria de defesa

Nesta terça-feira (21), o embaixador venezuelano na Rússia, Carlos Rafael Faría Tortosa, afirmou que Rússia e Venezuela continuarão a cooperar no setor da indústria de defesa.


Sputnik

Tortosa também elogiou a mudança da Venezuela na compra de equipamentos militares, deixando de comprar equipamentos dos EUA em favor de equipamentos russos.

Carlos Rafael Faría Tortosa, embaixador da Venezuela na Rússia.
Carlos Rafael Faría Tortosa © Sputnik / Evgueny Biyatov

"Temos uma cooperação frutífera com a Rússia em muitas áreas. Uma dessas áreas é a cooperação militar. Essa cooperação nasceu na época do Comandante Hugo Chávez, quando previu que era necessário mudar os fornecedores de tecnologia e nós mudamos do equipamento dos EUA para a Rússia. Acredito que agora podemos confirmar que foi uma decisão muito inteligente. Esta cooperação continuará", disse Tortosa a repórteres em uma reunião no Ministério de Relações Exteriores da Rússia.

O ministro venezuelano das Relações Exteriores, Jorge Arreaza, disse em março que a cooperação da indústria de defesa com a Rússia era muito importante para Caracas.

De acordo com Anatoly Punchuk, vice-diretor do Serviço Federal de Cooperação Técnico Militar da Rússia, a Venezuela é atualmente uma das maiores operadoras de equipamentos militares russos na América Latina e suas forças armadas estão equipadas com as mais modernas armas russas, incluindo aeronaves, helicópteros, sistemas de defesa aérea e veículos blindados.

Japona de Campanha Rip Stop Preta tamanho M - Mundo do militar

Japona de Campanha Rip Stop Preta tamanho M - Mundo do militar

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas