Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Irã ameaça romper limite de reservas de urânio; entenda o que país pode fazer se sair de acordo nuclear

Sem regulação, país pode adotar equipamentos mais modernos e rápidos e ampliar volume de enriquecimento de material que pode ser usado em armas nucleares. Acordo foi firmado em 2015 entre Irã e mais seis países, mas Trump retirou EUA em maio de 2018.
Associated Press

O Irã anunciou que irá exceder o limite de reservas de urânio determinado pelo acordo nuclear de 2015, ampliando as tensões no Oriente Médio.

O prazo de 27 de junho dado por Teerã vem antes de outra data limite, 7 de julho, para que a Europa apresente melhores termos para que o país permaneça no acordo. Se essa segunda data passar sem nenhuma ação, o presidente iraniano Hassan Rouhani diz que a república islâmica irá provavelmente retomar o alto enriquecimento de urânio.

Veja a seguir em que situação está o programa nuclear do Irã atualmente:

O acordo nuclear

O Irã fechou um acordo nuclear em 2015 com Estados Unidos, França, Alemanha, Reino Unido, Rússia e China. O acordo, formalmente conhecido como Plano de Ação Conjunto Abran…

Trump: Irã enfrentará 'grande força' em caso de agressão contra EUA

Os Estados Unidos responderão com “grande força” em caso de qualquer agressão por parte de Teerã contra Washington, declarou o presidente norte-americano Donald Trump.


Sputnik

Segundo o mandatário estadunidense, citado pela agência Reuters, o país reagirá caso o Irã faça algo contra os interesses dos EUA no Oriente Médio.

Grupo de ataque liderado pelo porta-aviões USS Abraham Lincoln e grupo de prontidão do navio de assalto anfíbio USS Kearsage efetuam operação conjunta na área da operação da 5ª Frota, em 17 de maio de 2019
© Foto: Facebook/ U.S. Naval Forces Central Command / U.S. 5th Fleet

"Acho que o Irã irá cometer um grande erro se fizer algo. Isso será enfrentado com uma grande força".

A declaração vem depois do tweet do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump dizendo que "se o Irã quiser lutar, isso será o fim oficial" do país.

As tensões entre os EUA e o Irã têm aumentado desde que Donald Trump assumiu a presidência dos EUA, mas nos últimos tempos o conflito se agravou ainda mais. Os americanos anunciaram o fim das isenções de sanções por compra do petróleo iraniano concedidas a vários países em 2018, bem como enviaram vários navios de guerra e bombardeiros estratégicos B-52 para a região com o objetivo de enviar "uma mensagem clara e inequívoca" a Teerã.

Eua e a nova ordem mundial, os: um debate entre al - Vide

Eua e a nova ordem mundial, os: um debate entre al - Vide

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas