Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Irã ameaça romper limite de reservas de urânio; entenda o que país pode fazer se sair de acordo nuclear

Sem regulação, país pode adotar equipamentos mais modernos e rápidos e ampliar volume de enriquecimento de material que pode ser usado em armas nucleares. Acordo foi firmado em 2015 entre Irã e mais seis países, mas Trump retirou EUA em maio de 2018.
Associated Press

O Irã anunciou que irá exceder o limite de reservas de urânio determinado pelo acordo nuclear de 2015, ampliando as tensões no Oriente Médio.

O prazo de 27 de junho dado por Teerã vem antes de outra data limite, 7 de julho, para que a Europa apresente melhores termos para que o país permaneça no acordo. Se essa segunda data passar sem nenhuma ação, o presidente iraniano Hassan Rouhani diz que a república islâmica irá provavelmente retomar o alto enriquecimento de urânio.

Veja a seguir em que situação está o programa nuclear do Irã atualmente:

O acordo nuclear

O Irã fechou um acordo nuclear em 2015 com Estados Unidos, França, Alemanha, Reino Unido, Rússia e China. O acordo, formalmente conhecido como Plano de Ação Conjunto Abran…

VÍDEO mostra momento em que piloto se ejeta de caça F-16

O piloto de um caça F-16 se ejetou momentos antes de o caça cair em prédio nas proximidades da Base Aérea de March (Califórnia).


Sputnik

O vídeo foi capturado por um motorista que estava passando pelo local quando o caça, que transportava munições para o centro de alerta do Comando de Defesa Aeroespacial da América do Norte (NORAD) sofreu o acidente.


Um F-16 Desert Falcon dos Emirados Árabes Unidos faz manobras no Bahrain International Airshow em 2016.
F-16 Fighting Falcon © U.S. Air Force photo by Staff Sgt. Corey Hook

Ao lado esquerdo do vídeo podem ser vistas chamas quando o piloto se ejetou. O caça por sua vez, continuou no ar por algum tempo até cair.

O piloto, que era o único tripulante da aeronave e não foi identificado, aterrissou com o paraquedas nas proximidades. Segundo informações, o piloto não sofreu ferimentos.

As autoridades afirmam que o piloto declarou emergência antes de se ejetar, entretanto, as causas são desconhecidas, conforme a ABC7.

A aeronave caiu no telhado de um depósito, fazendo-o desmoronar parcialmente e acionando o sistema contra incêndio do local. Mais tarde, as munições que estavam sendo transportadas pela aeronave foram detonadas pelas autoridades.

Segundo Michael Messisca, do Hospital da Universidade de Riverside, foram recebidos 13 feridos, enquanto outras 10 pessoas foram atendidas por inalarem fumaça e resíduos durante o acidente.

Testemunhas afirmam que o F-16 estava voando em baixa altitude com outra aeronave quando alguma coisa deu errado.

O piloto que estava na aeronave faz parte da 144ª Ala de Caças da Guarda Aérea Nacional da Califórnia.



Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas