Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Trump diz que novas sanções dos EUA sobre Irã miram líder supremo

O presidente norte-americano, Donald Trump, disse nesta segunda-feira que os Estados Unidos estão impondo novas sanções sobre o Irã, em meio a uma escalada nas tensões entre os dois países.
Por Steve Holland | Reuters 
WASHINGTON: Trump disse a repórteres que as sanções, que têm como alvo o líder supremo iraniano, aiatolá Ali Khamenei, são em resposta à derrubada de um drone norte-americano na semana passada.

Mísseis do Brasil e África do Sul: 'maior vantagem é a independência'

Segundo especialista em temas militares, entrevistado pela Sputnik Brasil, a produção conjunta de mísseis de Brasil e África do Sul garante independência para as Forças Armadas brasileiras.


Sputnik

O Ministro da Defesa do Brasil, Fernando Azevedo, visitou esta semana na África do Sul o grupo Denel Dynamics, que o convidou para conhecer os mísseis produzidos no país, incluindo o A-Darter, o Umkhonto e o Marlin.

Caças suecos JAS 39 Gripen
CC BY 2.0 / mashleymorgan / Caças suecos JAS 39 Gripen

A Denel garantiu que a empresa pretende continuar a cooperação com o Brasil.

Os mísseis A-Darter deverão ser transportados pelos caças Gripen C/D da Força Aérea sul-africana e pelos 36 novos caças Gripen E/F da Força Aérea brasileira.

O jornalista especializado em assuntos militares, Pedro Paulo Rezende, acrescentou à Sputnik que o Brasil já investiu 150 milhões de dólares no míssil A-Darter. A Denel desenvolvia a arma em conjunto com a Mectron (da Odebrecht), que foi fechada, mas o projeto foi assumido pela Avibras Indústria Aeroespacial.

Ou seja, o Brasil faz parte do projeto tanto com capital, como com o conhecimento tecnológico.

"É interessante produzir esse material no Brasil. Em momento de crise isso dá uma certa independência. Hoje em dia se considera mais importante você fabricar o míssil, do que o avião que vai combater com ele", declarou Pedro Paulo Rezende à Sputnik Brasil.

"Comprar lá fora muitas vezes tem restrição", acrescentou o jornalista.

Como exemplo, ele revelou que os Estados Unidos somente fornecem material de treinamento para a região da América Latina, quando se efetua uma compra desse tipo de material bélico. Dessa forma, os mísseis adquiridos só são entregues ao cliente em caso de um conflito real.

"Em caso de fabricação conjunta com outro país a gente não tem essa limitação, temos arma real na mão", explicou o especialista.

O jornalista destacou que a África do Sul, além das vantagens citadas, possui tradição na produção de armamentos, tendo cooperado de perto com Israel, na década de 80.

"O maior ganho é a independência", reiterou Rezende.

Para ele, depois do A-Darter, existem projetos de novos mísseis a serem desenvolvidos pelos dois países, pois a indústria nacional ficou muito prejudicada com a fim da Mectron. Assim, para ele, a cooperação com África do Sul é importante para o setor como um todo.

GoPro Hero 7 Black À prova de Água 12MP Wi-Fi - Bluetooth Gravação 4K Display 2” Touch

GoPro Hero 7 Black À prova de Água 12MP Wi-Fi - Bluetooth Gravação 4K Display 2” Touch

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas