Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Putin ameaça retaliar se EUA instalarem mísseis na Europa

Em seu discurso sobre o estado da nação, presidente russo faz ataques a Washington e promete apontar seu arsenal para os Estados Unidos e para o continente europeu se mísseis americanos atravessarem o Atlântico.
Deutsch Welle

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, alertou nesta quarta-feira (20/02) que seu país responderá a um possível envio de mísseis americanos à Europa, fazendo com que não apenas os países que receberem esses armamentos se tornem alvos, mas também os Estados Unidos.


Em seu discurso anual sobre o estado da nação em Moscou, Putin elevou o tom ao comentar uma nova e potencial corrida armamentista. Ele afirmou que a reação russa a um possível envio seria rigorosa e que as autoridades em Washington – algumas das quais estariam obcecadas com o "excepcionalismo" americano – deveriam calcular os riscos antes de tomar qualquer medida.

"É o direito deles de pensar da forma que quiserem. Mas eles sabem fazer cálculos? Tenho certeza que sabem. Deixemos que eles cal…

'Cada vez mais fortes': ministro ucraniano gaba novas armas americanas

O ministro do Interior da Ucrânia, Arsen Avakov, comunicou que as Forças Armadas da Ucrânia receberam o primeiro lote de lança-granadas norte-americanos RSRL-1.


Sputnik

"Hoje, uma nova arma potente começou a proteger a Ucrânia. Cada vez mais fortes!", escreveu Avakov em seu Facebook.

Soldados do exército ucraniano
Militares ucranianos © AP Photo/ Efrem Lukatsky

Ele também frisou que durante as manobras os soldados da Guarda Nacional avaliaram como elevado o potencial do novo sistema. No total, o exército ucraniano recebeu 500 unidades do sistema norte-americano.

O RSRL-1 é um lança-granadas antitanque com calibre de 40 mm. O alcance do sistema atinge 800 metros, enquanto o cano suporta até mil tiros. O sistema é produzido pela empresa norte-americana AirTonic.

Comentários

Postagens mais visitadas