Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Reino Unido reforçará sua presença militar no Ártico para se opor à Rússia, diz mídia

O ministro da Defesa britânico, Gavin Williamson, disse que o Reino Unido pretende reforçar a presença militar no Ártico para “proteger” o flanco norte da OTAN das ações da Rússia, segundo o diário The Telegraph.
Sputnik

Segundo o jornal, mais de 1.000 fuzileiros navais da Marinha britânica farão treinamentos anuais com colegas noruegueses no âmbito de um programa previsto para dez anos, formando no futuro próximo um novo destacamento, assinalou Williamson durante uma visita à base militar em Bardufoss, na Noruega.


O ministro britânico mencionou também que o Reino Unido enviará no próximo ano para a região do Ártico um avião de patrulha marítima Poseidon P8 para vigiar a atividade crescente dos submarinos russos.

"Queremos melhorar nossas capacidades em condições de temperaturas abaixo de zero, aprendendo com antigos aliados, tais como a Noruega, ou monitorando as ameaças submarinas com nossos aviões Poseidon. Nos manteremos atentos a novos desafios", afirmou Williamson.

O minist…

Exército sírio encontra tanques e armamentos escondidos por radicais no norte de Damasco

O exército sírio relatou ter descoberto armazéns com tanques e veículos pesados escondidos, bem como munições e armamentos a durante a operação militar na região de Qalamoun oriental, comunicou a agência de notícias local SANA.


Sputnik

De acordo com a SANA, os armamentos apreendidos, incluindo tanques, mísseis, canhões de morteiros, rifles, metralhadoras, projéteis, RPGs (lança-granadas propulsado por foguetes), lança-foguetes de fabricação local e detonadores remotos, escondidos por combatentes dos grupos terroristas Jaysh al-Islam e Frente al-Nusra (proibida na Rússia e em vários outros países) foram descobertos em armazéns secretos nas montanhas de Batra e al- Rhaiba.

Soldado sírio passa ao longo dos armamentos que pertenciam aos rebeldes de Qalamoun oriental (foto de arquivo)
Militar sírio entre o armamento apreendido de terroristas © REUTERS / Omar Sanadiki

Anteriormente, ainda neste mês, as tropas governamentais sírias haviam encontrado um grande armazém de armamento, incluindo RPGs, morteiros, artefatos explosivos e armas automáticas nos subúrbios de Damasco e Jobar. Os armamentos teriam pertencido ao grupo terrorista Faylaq al-Rahman, que estava presente na área de Ghouta Oriental antes da chegada do exército sírio.

Nos mês passado, o exército governamental da Síria restabeleceu o controle da área de Qalamoun oriental depois de os militantes e suas famílias terem sido retirados do local.

Comentários

Postagens mais visitadas