Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Os mísseis russos que se tornaram alvo de disputa entre EUA e Turquia

A Turquia, dona do segundo maior Exército entre os 29 países que compõem a Otan (Organização do Tratado do Atlântico Norte), está prestes a adquirir mísseis antiaéreos S-400.
BBC News Brasil

Os S-400 são os mísseis "terra-ar" mais avançados do mundo e se tornaram motivo de uma disputa entre Turquia e Estados Unidos que pode ameaçar a aliança militar das potências ocidentais.

Isso porque os S-400 são fabricados na Rússia, o principal rival da organização fundada em 1949 justamente para se opor à então União Soviética.

A insistência da Turquia em adquirir os mísseis russos irritou os Estados Unidos, que encaram a decisão como uma potencial ameaça para seus aviões de combate F-35, também em vias de serem comprados pelos turcos.
Troca de farpas

"Não ficaremos de braços cruzados enquanto os aliados da Otan compram armas dos nossos adversários", advertiu o vice-presidente dos EUA, Mike Pence, durante um encontro organizado há poucos dias em Washington para celebrar o aniversár…

Rússia desenvolve projeto de novo submarino nuclear de 5ª geração

O projeto geral do submarino Khaski de 5ª geração e a definição de seu visual já foram estabelecidos, agora estão sendo desenvolvidas as características táticas e técnicas, anunciou Aleksei Rakhmanov, chefe da United Shipbuilding Corporation (Corporação Unida da Construção Naval, em português).


Sputnik

"Já terminamos o projeto conceitual do submarino de 5ª geração Khaski, assim como a definição de seu visual. Foram propostas diversas opções, temos de escolher a melhor", disse ao jornal russo Izvestia.

Submarino nuclear de 5ª geração do projeto Khaski
Submarino russo Khaski de 5ª geração © Sputnik

"No momento, estão sendo desenvolvidas as características táticas e técnicas do novo submarino. Todo o resto sobre o Khaski é ainda segredo militar", acrescentou Rakhmanov.

Ainda há pouca informação sobre os submarinos nucleares multifuncionais de 5ª geração do projeto Khaski. Sabe-se que o submarino terá um sistema de mísseis de cruzeiro hipersônicos Tsirkon, mencionado pela primeira vez nos meios de comunicação em fevereiro de 2011. A suposta designação do sistema de mísseis é 3K-22 e do próprio míssil — 3M22.

Como foi informado recentemente pelo vice-comandante da Marinha da Rússia, Viktor Bursuk, a fabricação de submarinos nucleares do projeto Khaski será incluída no programa estatal de armamento para 2018-2025.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas