Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

EUA e Rússia revivem a Guerra Fria no Oriente Médio com duas cúpulas

Reuniões paralelas, na Polônia e na Rússia, representaram a revitalização do rompimento entre as potências sobre o Irã, a guerra na Síria e o conflito entre Israel e a Palestina
Juan Carlos Sanz e María R. Sahuquillo | El País
Sochi / Jerusalém - Em 1991, a Conferência de Madri estabeleceu um modelo para o diálogo multilateral no Oriente Médio após o fim da Guerra Fria, que havia colocado Washington contra Moscou na disputa pela hegemonia em uma região estratégica. Transcorridos mais de 27 anos, dois conclaves paralelos representaram nesta quinta-feira em Varsóvia (Polônia) e Sochi (Rússia) a revitalização do rompimento entre as potências sobre o Irã, a guerra na Síria e o conflito israelo-palestino. Os Estados Unidos e a Rússia, copresidentes em Madri em 1991, já não atuam mais como mediadores para aliviar as tensões e, mais uma vez, assumem um lado entre as partes conflitantes.

No fórum da capital polonesa, a diplomacia dos EUA chegou a um impasse ao reunir mais de 60 países em uma reu…

Rússia desenvolve projeto de novo submarino nuclear de 5ª geração

O projeto geral do submarino Khaski de 5ª geração e a definição de seu visual já foram estabelecidos, agora estão sendo desenvolvidas as características táticas e técnicas, anunciou Aleksei Rakhmanov, chefe da United Shipbuilding Corporation (Corporação Unida da Construção Naval, em português).


Sputnik

"Já terminamos o projeto conceitual do submarino de 5ª geração Khaski, assim como a definição de seu visual. Foram propostas diversas opções, temos de escolher a melhor", disse ao jornal russo Izvestia.

Submarino nuclear de 5ª geração do projeto Khaski
Submarino russo Khaski de 5ª geração © Sputnik

"No momento, estão sendo desenvolvidas as características táticas e técnicas do novo submarino. Todo o resto sobre o Khaski é ainda segredo militar", acrescentou Rakhmanov.

Ainda há pouca informação sobre os submarinos nucleares multifuncionais de 5ª geração do projeto Khaski. Sabe-se que o submarino terá um sistema de mísseis de cruzeiro hipersônicos Tsirkon, mencionado pela primeira vez nos meios de comunicação em fevereiro de 2011. A suposta designação do sistema de mísseis é 3K-22 e do próprio míssil — 3M22.

Como foi informado recentemente pelo vice-comandante da Marinha da Rússia, Viktor Bursuk, a fabricação de submarinos nucleares do projeto Khaski será incluída no programa estatal de armamento para 2018-2025.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas