Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

EUA podem dobrar contingente militar na América do Sul, diz chefe da inteligência russa

Os EUA podem aumentar seu contingente militar na América Central e do Sul de 20 mil para 40 mil homens, disse o vice-almirante Igor Kostyukov, chefe do Departamento Central de Inteligência (GRU, sigla em russo), do Estado-Maior das Forças Armadas da Rússia.
Sputnik

"Embora na América Latina não haja ameaça militar direta para a segurança dos EUA, Washington tem uma presença militar significativa [na região]. O Comando Conjunto das Forças Armadas dos EUA implantou na América Central e do Sul um contingente de 20 mil militares. No período de ameaças este pode aumentar para 40 mil militares", explicou Kostyukov.


De acordo com ele, os EUA podem provocar uma "revolução colorida" na Nicarágua e Cuba.

"As tecnologias de 'revolução colorida' testadas na Venezuela podem vir a ser usadas em breve na Nicarágua e em Cuba", disse ele.

Segundo Kostyukov, os EUA estão tentando estabelecer o controle total sobre a América Latina.

"A Administração dos EUA considera…

Sem publicidade desnecessária, melhores mísseis antitanque russos chegam à Síria (VIDEO)

O Exército Árabe Sírio recebeu da Rússia os modernos sistemas antitanque Kornet-D, de alcance aumentado. A informação foi divulgada por diversas fontes terroristas, da oposição e até no exército sírio.


Sputnik

As primeiras notícias sobre os novos Kornet-D surgiram nos portais afiliados à oposição, após uma série de ataques "inexplicáveis" contra os veículos dos radicais.


O blindado russo Tigr com o complexo de mísseis antitanque Kornet-D desfila pela Praça Vermelha de Moscou em 9 de maio de 2017
Blindado russo Tigr com o complexo de mísseis antitanque Kornet-D © Sputnik / Mikhail Klimentiev

Inicialmente, eles foram considerados como ataques aéreos, mas não havia aviões na área para promover essa hipótese, informou o canal Directorate 4, dedicado a monitorar atividades terroristas, no Telegram.

A agência árabe Al Masdar também citou um relatório militar sobre o uso do Kornet-D em diferentes partes da Síria.

Em um caso específico, Kornet-D foi "responsabilizado" pela destruição de um SUV de um dos grupos de oposição na província de Hama, a uma distância de 7 quilômetros.

As "queixas" dos terroristas são "compreensíveis", pois este sistema anti-tanque está entre os melhores do mundo pelas suas capacidades técnicas, afirmou aos jornalistas russos o cientista político militar russo e professor da Universidade de Economia Plekhanov, Andrei Koshkin.

"O alcance máximo de Kornet-D equipado com mísseis FM-3 é de 10 quilômetros. Ele é capaz de penetrar até 1.300 milímetros de armadura. Pode ser equipado com ogivas explosivas e termobáricas e é capaz de abater alvos aéreos", disse o especialista.

Além disso, os instrutores russos ensinaram bem os soldados sírios. Desse modo, a precisão e eficácia de seus ataques é bastante elevada. "Os seus principais alvos são os SUVs e os tanques blindados leves", acrescentou Koshkin.

Kornet-D é portátil e pode ser instalado em veículos blindados, inclusive no blindado russo Tigr.

O Kornet-D é uma evolução do sistema anti-tanque russo Kornet. Ao contrário de seus antecessores, o míssil é guiado por laser e, portanto, tem um alcance muito maior.


Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas