Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Os mísseis russos que se tornaram alvo de disputa entre EUA e Turquia

A Turquia, dona do segundo maior Exército entre os 29 países que compõem a Otan (Organização do Tratado do Atlântico Norte), está prestes a adquirir mísseis antiaéreos S-400.
BBC News Brasil

Os S-400 são os mísseis "terra-ar" mais avançados do mundo e se tornaram motivo de uma disputa entre Turquia e Estados Unidos que pode ameaçar a aliança militar das potências ocidentais.

Isso porque os S-400 são fabricados na Rússia, o principal rival da organização fundada em 1949 justamente para se opor à então União Soviética.

A insistência da Turquia em adquirir os mísseis russos irritou os Estados Unidos, que encaram a decisão como uma potencial ameaça para seus aviões de combate F-35, também em vias de serem comprados pelos turcos.
Troca de farpas

"Não ficaremos de braços cruzados enquanto os aliados da Otan compram armas dos nossos adversários", advertiu o vice-presidente dos EUA, Mike Pence, durante um encontro organizado há poucos dias em Washington para celebrar o aniversár…

Tropa do Exército Brasileiro treina GLO em defesa de ponto sensível

Com o objetivo de treinar a tropa em defesa de um ponto sensível, no período de 15 a 17 de maio, o 6º Esquadrão de Cavalaria Mecanizado (6º Esqd C Mec), “Sentinela da Boca do Monte”, realizou um Exercício de Adestramento em Operações de Garantia da Lei e da Ordem (GLO) na Usina Hidrelétrica Governador Leonel de Moura Brizola, localizada na cidade de Salto do Jacuí, no Rio Grande do Sul.


Forças Terrestres

Santa Maria (RS) – Com 12 viaturas e 82 militares operando 24 horas por dia, foram realizados patrulhamentos ostensivos; posto de bloqueio e controle de estradas; e a segurança do ponto estático, que foi a própria Usina. De acordo com o Comandante do Esquadrão, Major Fábio Moraes Coronel Palma, “é simulada uma situação real, que aconteceria no caso de necessidade de defender a Usina. O soldado na barreira ou patrulhando, usa equipamentos como, colete, fuzil e munição”.



O Chefe do Sistema Jacuí da Companhia Estadual de Geração e Transmissão de Energia Elétrica (CEEE-GT), Sr Mario Junior Hermes, afirmou que dentro da operação estão sendo disponibilizadas todas as condições para que o treinamento fosse o mais real possível. Complementou ainda que “essa simulação só reforça a importância estratégica que tem Salto do Jacuí, na questão de suprimento de geração e transmissão no Rio Grande do Sul. Ficamos até mais seguros, para que, se um dia for necessário, os funcionários da CEEE já estejam preparados para essa contingência, e o Exército, conhecedor de todas as áreas e rotina de trabalho dentro da Usina”.

A usina é um ponto estratégico na questão da segurança nacional, já que é um ponto frágil em caso de guerra, e esse exercício é um treinamento periódico, no qual o objetivo é proteger a usina em caso de algum evento externo vir a ser ofensivo à geração de energia elétrica.

Durante a atividade, o Major Palma foi recebido pelo Prefeito, Sr Cláudio Robinson; pela Vice-Prefeita, Sra Joice Zimmer; e pelo Secretário da Junta de Serviço Militar, Sr Nelcimar do Amaral. O Prefeito Municipal colocou-se à disposição, bem como a estrutura administrativa, enfatizando “a importância da Instituição militar para nossa cidade, nosso Estado e nosso País”.

Além do treinamento, foi realizado um trabalho de comunicação social, desenvolvendo palestras com jovens de Ensino Médio do município, sobre o Exército Brasileiro, as formas de ingresso e as opções de carreira dentro das Forças Armadas.

FONTE: Agência Verde-Oliva/CCOMSEx

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas