Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

EUA podem dobrar contingente militar na América do Sul, diz chefe da inteligência russa

Os EUA podem aumentar seu contingente militar na América Central e do Sul de 20 mil para 40 mil homens, disse o vice-almirante Igor Kostyukov, chefe do Departamento Central de Inteligência (GRU, sigla em russo), do Estado-Maior das Forças Armadas da Rússia.
Sputnik

"Embora na América Latina não haja ameaça militar direta para a segurança dos EUA, Washington tem uma presença militar significativa [na região]. O Comando Conjunto das Forças Armadas dos EUA implantou na América Central e do Sul um contingente de 20 mil militares. No período de ameaças este pode aumentar para 40 mil militares", explicou Kostyukov.


De acordo com ele, os EUA podem provocar uma "revolução colorida" na Nicarágua e Cuba.

"As tecnologias de 'revolução colorida' testadas na Venezuela podem vir a ser usadas em breve na Nicarágua e em Cuba", disse ele.

Segundo Kostyukov, os EUA estão tentando estabelecer o controle total sobre a América Latina.

"A Administração dos EUA considera…

18 refugiados morrem na sequência de ataque da coalizão ocidental na Síria

Os aviões da coalizão internacional encabeçada pelos EUA efetuaram um ataque aéreo contra um povoado no sul da província de Al-Hasakah, em resultado do qual morreram 18 refugiados iraquianos, comunica a mídia local.


Sputnik

De acordo com a agência síria SANA, no povoado contra o qual foi efetuado o bombardeio está situado um campo temporário para refugiados do vizinho Iraque.

Ataque aéreo da coalizão internacional na Síria (foto de arquivo)
Ataque aéreo à Síria da coalizão liderada pelos EUA © AP Photo / Bram Janssen

Ao longo do último mês, já ocorreram vários ataques do mesmo tipo na província de Al-Hasakah, no nordeste da Síria. Assim, em 5 de junho foram reportadas 10 vítimas e em 12 de maio — outras 8 pessoas mortas em um bombardeamento.

A chancelaria russa tem frisado repetidas vezes que as atividades dos EUA e sua coalizão internacional na Síria se realizam sem autorização e coordenação do governo de Damasco e sem uma resolução do Conselho de Segurança da ONU.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas