Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Reino Unido reforçará sua presença militar no Ártico para se opor à Rússia, diz mídia

O ministro da Defesa britânico, Gavin Williamson, disse que o Reino Unido pretende reforçar a presença militar no Ártico para “proteger” o flanco norte da OTAN das ações da Rússia, segundo o diário The Telegraph.
Sputnik

Segundo o jornal, mais de 1.000 fuzileiros navais da Marinha britânica farão treinamentos anuais com colegas noruegueses no âmbito de um programa previsto para dez anos, formando no futuro próximo um novo destacamento, assinalou Williamson durante uma visita à base militar em Bardufoss, na Noruega.


O ministro britânico mencionou também que o Reino Unido enviará no próximo ano para a região do Ártico um avião de patrulha marítima Poseidon P8 para vigiar a atividade crescente dos submarinos russos.

"Queremos melhorar nossas capacidades em condições de temperaturas abaixo de zero, aprendendo com antigos aliados, tais como a Noruega, ou monitorando as ameaças submarinas com nossos aviões Poseidon. Nos manteremos atentos a novos desafios", afirmou Williamson.

O minist…

BAE Systems apresenta sua proposta ao Programa Tamandaré

A BAE Systems enviou sua proposta à Marinha do Brasil para o programa de navios de guerra Tamandaré, com um design baseado na proposta da fragata britânica Tipo 31e.


Poder Naval

São Paulo – O navio foi apresentado na Conferência Latino-Americana de Navios de Guerra e OPV (Embarcações de Patrulha em Alto-Mar), em que a BAE Systems é um dos principais patrocinadores, no Rio de Janeiro, de 25 a 27 de junho. A Marinha do Brasil pretende adquirir quatro navios de guerra modernos e altamente capacitados.

Type 31e da BAE Systems
Type 31e da BAE Systems

A proposta da BAE Systems mostra seu design de navios de guerra, capacidade de engenharia e especialização em sistemas de combate, juntamente com sua experiência de trabalho com parceiros e cadeia logística nos mercados globais, para fornecer uma solução sob medida para atender às exigências navais e industriais do Brasil.

O design do tipo 31e da BAE Systems oferece um navio de guerra multimissão altamente capaz, com flexibilidade para atender a uma ampla gama de funções de guerra. Usando uma Baía de Missões flexível que pode ser rapidamente reconfigurada, habilitada a executar operações de policiamento, socorro a desastres, interdição marítima, contra-pirataria e operações de força-tarefa conjunta.

O projeto tipo 31e da BAE Systems tem adaptabilidade para ser equipado com alguns dos sistemas de armas mais modernos e eficazes disponíveis, incluindo a única solução Sea Ceptor comprovada operacionalmente, integrada ao Sistema de Gerenciamento de Combate DNA(2) da BAE Systems e ao radar 3D Artisan. Ele é capaz de operar de forma independente por períodos significativos e como parte de um grupo de tarefa, oferecendo um valor enorme reunindo nações marítimas aliadas.

“Temos orgulho de apoiar a Marinha do Brasil com a operação das OPVs da classe Amazonas, construídos pela BAE Systems, e acreditamos que nossa proposta para o programa Tamandaré oferece uma oportunidade para aprofundar esse relacionamento”, comenta Anderson Smith, diretor comercial da BAE Systems Naval Ships.

“A robustez do design e a nossa experiência trabalhando com parceiros internacionais e apoiando o avanço da capacidade de construção naval no país, juntamente com a integração do sistema de mísseis de defesa aérea Sea Ceptor nas plataformas da Royal Navy significa que podemos oferecer uma solução altamente credível e avançada para a Marinha do Brasil. Estamos empolgados em apresentar o design Tipo 31e na Conferência Latino-Americana de Navios de Guerra e OPV no Rio de Janeiro”, finaliza.

Sobre a BAE Systems

A BAE Systems atende as necessidades de seus clientes e oferece uma ampla gama de soluções avançadas em equipamentos de defesa, aeroespaciais e de segurança. A empresa trabalha em conjunto com seus parceiros locais para desenvolver, construir, produzir e apoiar as inovações que garantem a soberania, sustentem a economia e protegem os interesses comerciais dos diversos países em que atua. Seus 88 mil funcionários, nos seis continentes, estão empenhados em criar soluções que protegem e fortalecem nações, comércio, comunidades e pessoas.

DIVULGAÇÃO: BAE Systems

Comentários

Postagens mais visitadas