Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Capacetes brancos preparam novas provocações na Síria, diz enviado russo na ONU

Membros dos Capacetes Brancos estão preparando novas provocações com substâncias tóxicas na Síria, disse o vice-embaixador russo na ONU, Vladimir Safronkov, nesta quarta-feira (24) na reunião do Conselho de Segurança da ONU.
Sputnik

Safronkov observou que os Capacetes Brancos acusariam o governo sírio pelo uso de tais substâncias.

Mais cedo nesta quarta-feira (24), o Major General Viktor Kupchishin, chefe do Centro Russo para a Reconciliação Síria, argumentou que funcionários da mídia estrangeira na província síria de Hama conduziram uma filmagem falsa da "morte" de uma família supostamente devido ao uso de armas químicas pelas tropas sírias.

Em diversas ocasiões, Moscou e Damasco apontaram que os Capacetes Brancos estavam produzindo provocações envolvendo o uso de armas químicas com o objetivo de culpar o governo da Síria e dar aos países ocidentais justificativas para a intervenção no país.
A estratégia de encenar ataques para usá-los como falsa bandeira tem sido usada repetida…

Erdogan: Turquia usará sistemas de defesa aérea S-400 russos se for necessário

O presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, disse que Ancara usará os sistemas de defesa aérea S-400 comprados da Rússia, se assim for necessário.


Sputnik

"Nós os compramos [sistemas S-400] e não foi para armazená-los em depósitos. Serão usados apropriadamente se assim for necessário. E o que devemos fazer com esses sistemas defensivos se não usá-los? Para confiar novamente na misericórdia dos Estados Unidos?", disse Erdogan para a emissora TGRT.

Os sistemas S-400
S-400 Triumph russos © Sputnik / Alexander Vilf

Em dezembro de 2017, a Rússia e a Turquia assinaram um contrato para fornecimento de sistemas de defesa aérea S-400 para Ancara. Duas baterias S-400 serão operadas e mantidas pelos militares turcos, de acordo com a secretaria turca da indústria de defesa. Em abril, o diretor-geral da Estatal russa de exportação de armas, Rosoboronexport, disse que a Rússia começou a fabricar sistemas S-400 para a Turquia.

O acordo provocou desentendimentos entre Ancara e Washington. EUA ameaçaram impor sanções contra a Turquia, pois acreditam que a arma é incompatível com as defesas da OTAN.

Em meados de abril, o subsecretário de Estado para Assuntos Europeus e da Eurásia, Wess Mitchell, disse que a aquisição dos sistemas de de defesa aérea S-400 da Rússia por Ancara poderia afetar negativamente a entrega de caças F-35 de quinta geração para a Turquia. O ministro das Relações Exteriores turco, Mevlut Cavusoglu, respondeu dizendo que Ancara tomaria medidas de retaliação contra Washington se bloqueasse a entrega das aeronaves.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas