Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Os mísseis russos que se tornaram alvo de disputa entre EUA e Turquia

A Turquia, dona do segundo maior Exército entre os 29 países que compõem a Otan (Organização do Tratado do Atlântico Norte), está prestes a adquirir mísseis antiaéreos S-400.
BBC News Brasil

Os S-400 são os mísseis "terra-ar" mais avançados do mundo e se tornaram motivo de uma disputa entre Turquia e Estados Unidos que pode ameaçar a aliança militar das potências ocidentais.

Isso porque os S-400 são fabricados na Rússia, o principal rival da organização fundada em 1949 justamente para se opor à então União Soviética.

A insistência da Turquia em adquirir os mísseis russos irritou os Estados Unidos, que encaram a decisão como uma potencial ameaça para seus aviões de combate F-35, também em vias de serem comprados pelos turcos.
Troca de farpas

"Não ficaremos de braços cruzados enquanto os aliados da Otan compram armas dos nossos adversários", advertiu o vice-presidente dos EUA, Mike Pence, durante um encontro organizado há poucos dias em Washington para celebrar o aniversár…

Fonte: Europa prolongará sanções contra a Rússia mais uma vez

Líderes da União Europeia concordaram em estender às sanções contra a Rússia, ligadas à crise ucraniana, por mais seis meses, segundo informou uma fonte nesta sexta-feira.


Sputnik


"Houve uma breve discussão sobre a Rússia, a Ucrânia e os acordos de Minsk, que resultou em um acordo para estender as sanções por mais seis meses."


Bandeiras da Rússia e da União Europeia
© Sputnik / Vladimir Sergeev

Mais cedo, outras fontes ligadas à cúpula da UE, que está sendo realizada em Bruxelas, já haviam sinalizado para essa possibilidade em declarações à Sputnik.

O levantamento das medidas impostas a Moscou foi amarrado em março de 2015 ao processo de paz no leste da Ucrânia, conforme estipulado nos acordos de Minsk. Os líderes da UE têm se reunido anualmente para avaliar o progresso desses acordos e decidir sobre as sanções.

Caso confirmada a decisão de prolongar mais uma vez essas sanções, o processo formal para isso deve ser iniciado na próxima segunda-feira e finalizado em cerca de uma semana.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas