Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Defesa do Brasil tem maior gasto com pessoal na década, e investimento militar cai

Despesas com ativos e inativos crescem R$ 7,1 bi em 2019, reflexo de aumento salarial
Por Igor Gielow e Gustavo Patu | Folha de S.Paulo

A previsão de gasto militar para o primeiro ano de governo do capitão reformado do Exército Jair Bolsonaro (PSL) traz o maior aumento de despesa com pessoal em dez anos e uma redução expressiva do investimento em programas de reequipamento das Forças Armadas.
Não fosse uma criatividade contábil dos militares, que conseguiram recursos com a capitalização de uma estatal para comprar novos navios, a despesa de investimento seria a menor desde 2009.

A Folha analisou a série histórica com a ferramenta de acompanhamento orçamentário Siga Brasil, do Senado. Para este ano, o Ministério da Defesa, ainda na gestão Michel Temer (MDB), planejou gastar R$ 104,2 bilhões, o quarto maior volume da Esplanada.

Desse montante, R$ 81,1 bilhões irão para pessoal, R$ 13,3 bilhões, para gastos correntes (custeio) e R$ 9,8 bilhões, para investimentos. Os valores não incluem o con…

Made in Syria: exército dispara mísseis Golan contra terroristas (VÍDEO)

O Exército Sírio utiliza sistema de mísseis de sua própria produção contra os terroristas.


Sputnik

Surgiu recentemente na Internet um vídeo mostrando um ataque noturno do Exército sírio contra os terroristas. Nas imagens é possível observar o sistema de mísseis Golan, de fabricação síria, em ação. Vale destacar que o Golan pode lançar projéteis de diferentes calibres.


Sistema de mísseis sírio Golan
Sistema de mísseis sírio Golan © Sputnik / Mikhail Voskresensky

O vídeo mostra os momentos exatos do lançamento e os impactos sofridos pelas posições terroristas.

Segundo declarou o especialista militar russo Yuri Liamin, citado pelo jornal Rossiiskaya gazeta, o ataque foi efetuado com os complexos Golan-300 e Golan-400.

No início do vídeo se pode ver o próprio sistema Golan-300 e ouvir o som característico produzido pelo complexo quando dispara.

Além do armamento em questão, a Síria também fabrica sistemas de artilharia de menor calibre, os Golan-65 e Golan-250. Estes sistemas podem ser instalados sobre os chassis de caminhões e veículos militares ligeiros.

Há pouco, os militares sírios também testaram o sistema Golan-1000, instalado no tanque T-72.



Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas