Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Marinha do Brasil prevê inaugurar estação na Antártica em 2020, oito anos após incêndio

Obra é executada por uma empresa chinesa e, segundo a Marinha, se aproxima do final. Incêndio em 2012 destruiu estação, e dois militares morreram.
Por Guilherme Mazui | G1 — Brasília

Passados sete anos desde o incêndio que destruiu a Estação Antártica Comandante Ferraz, a Marinha prevê inaugurar a nova estação em março de 2020.

Executada pela empresa chinesa Ceiec, a obra se aproxima do final, segundo a Marinha, que prevê concluir as obras civis e a instalação de máquinas e mobiliário até 31 de março, iniciando um período de testes do complexo científico até março de 2020. Após os testes, a estação poderá receber militares e pesquisadores.

"A previsão de inauguração é março de 2020, quando os pesquisadores e o Grupo-Base [de militares] deverão ocupar em definitivo as instalações da nova Estação Antártica Comandante Ferraz", informou a Marinha ao G1.

Com investimento de US$ 99,6 milhões, o complexo receberá profissionais que atuam no Programa Antártico Brasileiro (Proantar), criad…

Militares russos assinam 1º contrato de fornecimento de caças de quinta geração Su-57

O primeiro contrato de fornecimento de 12 caças de quinta geração já foi assinado, disse o vice-ministro russo da Defesa Aleksei Krivoruchko no sábado (30).


Sputnik

"O primeiro contrato para 12 aviões foi acordado, e as entregas no âmbito desse contrato começarão em breve", declarou ele durante uma coletiva de imprensa na cidade russa de Komsomolsk-no-Amur, no sudeste do país.

Caça multifuncional Su-57 (PAK FA) participa do ensaio da parte aérea da 73ª Parada da Vitória que se realizará na Praça Vermelha, em Moscou, em 9 de maio de 2018
Sukhoi Su-57 © Sputnik / Grigory Sysoev

Essa cidade abriga a empresa russa fabricante de aeronaves Sukhoi que produz os caças Su-57. O presidente da Corporação Aeronáutica Unida da Rússia, Yuri Slyusar, informou que o primeiro lote de aeronaves Su-57 entraria em serviço do exército russo em 2019.

O Su-57 é um caça multifuncional russo de quinta geração, projetado para destruir todo o tipo de alvos aéreos, terrestres e navais. O caça permite superar os sistemas de defesa antiaérea do adversário, efetuar o reconhecimento de longo alcance, assim como destruir o sistema de comando da aviação do inimigo.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas