Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Reino Unido reforçará sua presença militar no Ártico para se opor à Rússia, diz mídia

O ministro da Defesa britânico, Gavin Williamson, disse que o Reino Unido pretende reforçar a presença militar no Ártico para “proteger” o flanco norte da OTAN das ações da Rússia, segundo o diário The Telegraph.
Sputnik

Segundo o jornal, mais de 1.000 fuzileiros navais da Marinha britânica farão treinamentos anuais com colegas noruegueses no âmbito de um programa previsto para dez anos, formando no futuro próximo um novo destacamento, assinalou Williamson durante uma visita à base militar em Bardufoss, na Noruega.


O ministro britânico mencionou também que o Reino Unido enviará no próximo ano para a região do Ártico um avião de patrulha marítima Poseidon P8 para vigiar a atividade crescente dos submarinos russos.

"Queremos melhorar nossas capacidades em condições de temperaturas abaixo de zero, aprendendo com antigos aliados, tais como a Noruega, ou monitorando as ameaças submarinas com nossos aviões Poseidon. Nos manteremos atentos a novos desafios", afirmou Williamson.

O minist…

Mostra de Armamento do Porta-Helicópteros Multipropósito Atlântico (VIDEO)

Hoje, realizou-se na Base Naval de Devonport, na cidade de Plymouth – Reino Unido, a Mostra de Armamento do Porta-Helicópteros Multipropósito (PHM) Atlântico (A140), ex-HMS Ocean.


Poder Naval

Na cerimônia, a tripulação brasileira embarcou no navio e o pavilhão nacional foi hasteado pela primeira vez.


O navio, adquirido por £ 84 milhões, foi adaptado e reparado pelas companhias Babcock e a BAE Systems para a transferência à Marinha do Brasil.

O PHM Atlântico passará nos próximos dias pelo Flag Officer Sea Training (FOST), um programa da Royal Navy que provê o treinamento operacional no mar para todos os navios de superfície, submarinos e auxiliares, sendo ministrado por uma dedicada equipe de especialistas da Marinha Real.

A chegada do PHM Atlântico ao Brasil está prevista para meados de agosto.

Depois da chegada, virão meses e meses de testes, com o navio atracado e operando ao largo da costa brasileira. As certificações necessárias ao aprontamento da embarcação, para que ela seja considerada plenamente operacional, devem entrar pelo ano de 2020.


Comentários

Postagens mais visitadas