Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

EUA: sanções contra Venezuela servem como 'alerta para atores externos, incluindo Rússia'

Na última terça-feira (17), o secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, culpou a Rússia e a Venezuela pela crise de refugiados observada no país latino-americano.
Sputnik

O conselheiro de Segurança Nacional dos EUA, John Bolton, anunciou nesta quarta-feira (17) que os EUA estão impondo uma nova rodada de sanções contra a Venezuela, acrescentando o banco central do país à lista de restrições. 

Segundo o conselheiro de Segurança Nacional, as sanções recém-aplicadas deveriam se tornar um alerta para "todos os atores externos, inclusive a Rússia".

Desde o início da crise política na Venezuela no início deste ano, os EUA impuseram várias rodadas de sanções, visando os setores petrolífero e bancário do país, bem como indivíduos ligados às autoridades do país.

A Venezuela está sofrendo grave crise política desde janeiro. Junto com outros países ocidentais, os EUA apoiam Juan Guaidó, que se proclamou presidente interino da Venezuela. Ao mesmo tempo, Rússia, China e Turquia, entre outros…

Pentágono teme armamentos espaciais russos e chineses

O Departamento de Defesa dos EUA manifestou preocupação com a possibilidade do aparecimento de armamentos russos e chineses no espaço no "futuro breve", informou o portal Defense One.


Sputnik

O chefe da inteligência do Pentágono, tenente-general Robert Ashley, declarou que Rússia e China continuam a desenvolver projetos com objetivo de criar armamentos capazes de alvejar satélites tanto a partir da Terra, quanto do espaço. 

Foto da Terra tirada a partir do espaço pelo cosmonauta russo Anton Shkaplerov
Terra vista do espaço © Foto: Roscosmos/Anton Shkaplerov

"As respectivas tecnologias estão sendo criadas neste instante", acrescentou o militar.

Achley também declarou que a concorrência nesse setor aumentará no futuro.

"A concorrência deve aumentar. Vejam a estratégia de segurança nacional. Ali se reconhece que a nossa superioridade tecnológica está, aos poucos, se esvaíndo", concluiu.

Mais cedo, o diretor da agência espacial russa Roscosmos, Dmitry Rogozin, declarou que a Rússia se preocupa com a militarização do espaço, liderada pelos EUA.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas