Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Defesa do Brasil tem maior gasto com pessoal na década, e investimento militar cai

Despesas com ativos e inativos crescem R$ 7,1 bi em 2019, reflexo de aumento salarial
Por Igor Gielow e Gustavo Patu | Folha de S.Paulo

A previsão de gasto militar para o primeiro ano de governo do capitão reformado do Exército Jair Bolsonaro (PSL) traz o maior aumento de despesa com pessoal em dez anos e uma redução expressiva do investimento em programas de reequipamento das Forças Armadas.
Não fosse uma criatividade contábil dos militares, que conseguiram recursos com a capitalização de uma estatal para comprar novos navios, a despesa de investimento seria a menor desde 2009.

A Folha analisou a série histórica com a ferramenta de acompanhamento orçamentário Siga Brasil, do Senado. Para este ano, o Ministério da Defesa, ainda na gestão Michel Temer (MDB), planejou gastar R$ 104,2 bilhões, o quarto maior volume da Esplanada.

Desse montante, R$ 81,1 bilhões irão para pessoal, R$ 13,3 bilhões, para gastos correntes (custeio) e R$ 9,8 bilhões, para investimentos. Os valores não incluem o con…

Trump promete sugerir a Putin o fim da corrida armamentista entre EUA e Rússia

O presidente dos EUA, Donald Trump, sugeriu que ele poderia discutir maneiras de economizar "milhões de dólares" em armas quando encontrar o líder russo Vladimir Putin na Finlândia no próximo mês.


Sputnik

"Podemos até falar em economizar milhões de dólares em armas", disse Trump nesta sexta-feira, de acordo com a mídia local, ao estabelecer uma agenda potencial para as negociações de 16 de julho com o presidente russo.

Presidente russo, Vladimir Putin, e presidente norte-americano, Donald Trump, na cúpula da APEC no Vietnã
Donald Trump e Vladimir Putin © Sputnik / Mikhail Klimentyev

Trump acrescentou que os Estados Unidos estão construindo uma força "como ninguém jamais viu antes", mas ressaltou que o mundo precisava se desescalar e sugeriu que um relacionamento com a Rússia e a China seria uma "coisa boa".

Trump anunciou esta semana que ordenou ao Pentágono que criasse uma Força Espacial como o sexto ramo "separado, mas igual" dos militares dos EUA. Ele disse que a decisão abriu um novo capítulo na competição para explorar o espaço, com o objetivo de superar nações como a Rússia e a China.

Trump: Alemanha e França precisam gastar mais em defesa

Em outra frente, Trump reiterou que os aliados da OTAN precisam aumentar os gastos com defesa, antes da cúpula da aliança em Bruxelas no próximo mês.

"A Alemanha tem que gastar mais dinheiro, a Espanha, a França [também]. Não é justo o que eles fizeram com os Estados Unidos", afirmou, de acordo com a imprensa local.

Ele alegou que os Estados Unidos estavam pagando "muito mais desproporcionalmente a qualquer outra nação" na aliança, que estabelece uma meta de gastos de 2% do Produto Interno Bruto (PIB) de um Estado membro.

Até agora, apenas cinco países cumpriram este requisito. Além dos Estados Unidos, o Reino Unido, a Grécia, a Polônia e a Estônia se conformaram e aumentaram os investimentos.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas