Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Defesa do Brasil tem maior gasto com pessoal na década, e investimento militar cai

Despesas com ativos e inativos crescem R$ 7,1 bi em 2019, reflexo de aumento salarial
Por Igor Gielow e Gustavo Patu | Folha de S.Paulo

A previsão de gasto militar para o primeiro ano de governo do capitão reformado do Exército Jair Bolsonaro (PSL) traz o maior aumento de despesa com pessoal em dez anos e uma redução expressiva do investimento em programas de reequipamento das Forças Armadas.
Não fosse uma criatividade contábil dos militares, que conseguiram recursos com a capitalização de uma estatal para comprar novos navios, a despesa de investimento seria a menor desde 2009.

A Folha analisou a série histórica com a ferramenta de acompanhamento orçamentário Siga Brasil, do Senado. Para este ano, o Ministério da Defesa, ainda na gestão Michel Temer (MDB), planejou gastar R$ 104,2 bilhões, o quarto maior volume da Esplanada.

Desse montante, R$ 81,1 bilhões irão para pessoal, R$ 13,3 bilhões, para gastos correntes (custeio) e R$ 9,8 bilhões, para investimentos. Os valores não incluem o con…

Ultrassecreto: projeto de novo submarino espião norte-americano aparece na mídia

O novo projeto do submarino norte-americano, que até agora não tinha sido divulgado na imprensa, revela a orientação do futuro desenvolvimento da Marinha dos EUA, escreve a revista Popular Mechanics.


Sputnik

Por sua vez, um artigo analítico da Covert Shores chama a atenção para as imagens do submarino.

Unbuilt US Navy Spy Submarine Concept - Covert Shores
Reprodução

A revista norte-americana observa que o submarino Sub 2000 representa uma "ruptura radical com os projetos anteriores de submarinos dos EUA", porque possui dois cascos, é compacto e tem um design "plano".

A publicação enfatiza que o Sub 2000 foi projetado como um submarino padrão, no entanto ele pode ser utilizado em missões de reconhecimento. Em particular, as configurações do navio permitem implantar dispositivos de recepção externos e interceptar transmissões magnéticas no fundo do mar perto da costa do adversário.

Além disso, o Sub 2000 recebeu alguns drones subaquáticos, o que sugere que está destinado a substituir o USS Parche, de segunda geração.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas