Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Defesa do Brasil tem maior gasto com pessoal na década, e investimento militar cai

Despesas com ativos e inativos crescem R$ 7,1 bi em 2019, reflexo de aumento salarial
Por Igor Gielow e Gustavo Patu | Folha de S.Paulo

A previsão de gasto militar para o primeiro ano de governo do capitão reformado do Exército Jair Bolsonaro (PSL) traz o maior aumento de despesa com pessoal em dez anos e uma redução expressiva do investimento em programas de reequipamento das Forças Armadas.
Não fosse uma criatividade contábil dos militares, que conseguiram recursos com a capitalização de uma estatal para comprar novos navios, a despesa de investimento seria a menor desde 2009.

A Folha analisou a série histórica com a ferramenta de acompanhamento orçamentário Siga Brasil, do Senado. Para este ano, o Ministério da Defesa, ainda na gestão Michel Temer (MDB), planejou gastar R$ 104,2 bilhões, o quarto maior volume da Esplanada.

Desse montante, R$ 81,1 bilhões irão para pessoal, R$ 13,3 bilhões, para gastos correntes (custeio) e R$ 9,8 bilhões, para investimentos. Os valores não incluem o con…

Zarif: Israel mais belicista , possuindo todas as armas nucleares do Oriente Médio

Referindo-se a recentes estatísticas divulgadas por um instituto de pesquisa sediado em Estocolmo, o chanceler iraniano Mohammad Javad Zarif disse que ogivas nucleares provadas no Oriente Médio são de propriedade exclusiva do regime sionista de Israel.


Today

Em uma mensagem no Twitter, Zarif levou a cabo um regime israelense por "uivar incessantemente" sobre as atividades do Irã, enquanto o regime próprio é capaz de todas as 80 ogivas nucleares no Oriente Médio.

Zarif: Israel mais  belicista , possuindo todas as armas nucleares do Oriente Médio
Chanceler iraniano Mohammad Javad Zarif | Reprodução

“Há pelo menos 80 ogivas nucleares estacionadas no Oriente Médio. Nenhum deles está não Irã; Ao contrario, eles estão incessantemente sobre as “ambições” iranianas, alegações fabricadas. É hora de um debate sobre uma ameaça real para a região e para além dela, através da diplomacia iraniana, através de dados divulgados pelo SIPRI, um instituto internacional independente para a pesquisa de conflitos, armamentos, controle de armas e desarmamento.

A República Islâmica tem sido uma das principais defensoras de um Oriente Médio para as armas nucleares e os outros países da região foram prejudicados por Israel, que, acredita, tem um considerável arsenal de armas nucleares. Acredita-se que Israel possua de 75 a 400 armas nucleares, inclusive armas termonucleares na faixa dos megatons. Israel nunca confirmou ou negou estar de posse das armas, de acordo com sua política de “ambiguidade nuclear”.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas