Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Marinha do Brasil prevê inaugurar estação na Antártica em 2020, oito anos após incêndio

Obra é executada por uma empresa chinesa e, segundo a Marinha, se aproxima do final. Incêndio em 2012 destruiu estação, e dois militares morreram.
Por Guilherme Mazui | G1 — Brasília

Passados sete anos desde o incêndio que destruiu a Estação Antártica Comandante Ferraz, a Marinha prevê inaugurar a nova estação em março de 2020.

Executada pela empresa chinesa Ceiec, a obra se aproxima do final, segundo a Marinha, que prevê concluir as obras civis e a instalação de máquinas e mobiliário até 31 de março, iniciando um período de testes do complexo científico até março de 2020. Após os testes, a estação poderá receber militares e pesquisadores.

"A previsão de inauguração é março de 2020, quando os pesquisadores e o Grupo-Base [de militares] deverão ocupar em definitivo as instalações da nova Estação Antártica Comandante Ferraz", informou a Marinha ao G1.

Com investimento de US$ 99,6 milhões, o complexo receberá profissionais que atuam no Programa Antártico Brasileiro (Proantar), criad…

Antigo terrorista volta ao exército sírio para 'para se redimir da culpa' (VÍDEO)

Há pouco, o exército sírio libertou o povoado de Al-Naimah, situado a 2 km da cidade de Daraa. Muitos militantes concordaram em cooperar com as autoridades sírias e revelaram à Sputnik como seus chefes os haviam abandonado à medida que o exército sírio se aproximava.


Sputnik

Os antigos terroristas asseguram que, a partir de agora, eles vão combater nas fileiras do Exército Árabe Sírio para se redimir da culpa perante a Pátria.


Resultado de imagem para Al-Naimah
Tropas sírias em al-Naimah | Reprodução

O ex-militante Muhammed Ibrahim al Abbud disse à Sputnik Árabe que aderiu aos grupos armados terroristas após se demitir do exército sírio. De acordo com ele, foi traído e não sabia que havia tomado o lado dos inimigos do seu país. Agora, Muhammed afirma ter voltado para o caminho certo e diz estar feliz por seu povoado natal estar em segurança de novo após ser liberado dos terroristas.

Os habitantes de Al-Naimah já estão regressando a suas casas. A administração local e o Crescente Vermelho Árabe Sírio (CVAS) fornecem água e ajuda humanitária ao local, foi restabelecida também a prestação de assistência médica. Ao mesmo tempo, a polícia militar russa e militares do exército sírio estão garantindo a ordem e a segurança.


Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas