Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Militares russos tornam usina nuclear invisível

Unidades das Forças Armadas da Rússia especializadas na Defesa Radiológica, Química e Biológica tornaram invisível a usina nuclear de Smolensk, escondendo-a em uma nuvem de aerossol de grafite, disse aos repórteres na quarta-feira (19) um representante do Ministério da Defesa.
Sputnik

"Pela primeira vez, foi utilizada uma composição em forma de aerossol que opera não só na faixa visível do espectro de radiação eletromagnética mas também na de infravermelhos" - afirmou um representante.

Fluxos de gás quente à base de grafite são pulverizados a fim de criar uma cortina de camuflagem. Para criar uma nuvem de aerossol sobre uma área de dois quilômetros quadrados, foram necessárias cinco máquinas térmicas de fumaça TDA-3, informou o representante.

Os exercícios militares começaram na usina nuclear de Smolensk no dia anterior. Neles participam mais de 600 militares, pessoal civil da fábrica e mais de 200 unidades de equipamentos militares e especiais. Anteriormente, as unidades de gue…

Ataque armado deixa mortos na fronteira entre Colômbia e Venezuela

Grupo entrou atirando em estabelecimento comercial de El Tarra, no departamento colombiano de Norte de Santander. Ao menos oito pessoas morreram e duas ficaram feridas; autoridades não apontaram autores ou motivos para ataque.


France Presse

Ao menos oito pessoas morreram e duas ficaram feridas em um ataque armado no município colombiano de El Tarra, na fronteira com a Venezuela, informaram as autoridades nesta segunda-feira (30).

Resultado de imagem para ataque armado deixa mortos na fronteira entre Colômbia e Venezuela
Agência France-Presse

Segundo versões preliminares, um grupo de homens entrou atirando em um estabelecimento comercial do bairro Villa Esperanza, na zona urbana de El Tarra, no departamento de Norte de Santander.

"Informações preliminares indicam que há oito mortos e dois feridos", disse à AFP uma fonte do Exército que pediu para não ser identificada.

As autoridades não deram pistas sobre os autores ou motivos do massacre.

Os feridos foram levados para um hospital da região e não há informação sobre seu estado.

A região de El Tarra, na fronteira com os estados venezuelanos de Zulia e Táchira, concentra a segunda maior concentração de cultivos de folha de coca do mundo, superada apenas pela zona de Tumaco, na fronteira com o Equador.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas