Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Reino Unido reforçará sua presença militar no Ártico para se opor à Rússia, diz mídia

O ministro da Defesa britânico, Gavin Williamson, disse que o Reino Unido pretende reforçar a presença militar no Ártico para “proteger” o flanco norte da OTAN das ações da Rússia, segundo o diário The Telegraph.
Sputnik

Segundo o jornal, mais de 1.000 fuzileiros navais da Marinha britânica farão treinamentos anuais com colegas noruegueses no âmbito de um programa previsto para dez anos, formando no futuro próximo um novo destacamento, assinalou Williamson durante uma visita à base militar em Bardufoss, na Noruega.


O ministro britânico mencionou também que o Reino Unido enviará no próximo ano para a região do Ártico um avião de patrulha marítima Poseidon P8 para vigiar a atividade crescente dos submarinos russos.

"Queremos melhorar nossas capacidades em condições de temperaturas abaixo de zero, aprendendo com antigos aliados, tais como a Noruega, ou monitorando as ameaças submarinas com nossos aviões Poseidon. Nos manteremos atentos a novos desafios", afirmou Williamson.

O minist…

Boko Haram matou 18 pessoas e sequestrou outras dez no Chade

Dezoito pessoas foram mortas quinta-feira à noite no Chade por homens identificados como pertencentes ao grupo extremista islâmico Boko Haram, disse hoje uma fonte de segurança daquele país à agência de notícias France-Presse (AFP).


Pars Today

"Os elementos da Boko Haram atacaram uma aldeia ao sul de Daboua", junto à fronteira da Nigéria e do Níger, "mataram 18 pessoas, feriram outras duas e sequestraram dez mulheres", disse a mesma fonte à AFP.

Boko Haram matou 18 pessoas e sequestrou outras dez no Chade
Terroristas do Boko Haram | Reprodução

O exército do Níger já tinha informado no sábado que matara "dez terroristas" depois de repelir um ataque realizado pelo grupo extremista Boko Haram no sudeste do país.

"Na noite de quinta-feira (...) para sexta-feira, (...) a posição militar de Baroua foi atacada pelo grupo terrorista Boko Haram", tendo causado um morto e dois feridos entre as tropas do Níger "e dez terroristas mortos após a reação (...) das nossas forças ", deu conta o Ministério da Defesa através de um comunicado lido no sábado à noite na televisão estatal.

"As operações de busca realizadas pelas nossas forças de defesa e segurança estão em andamento", diz o ministério.

Baroua Guigmi situa-se na região de Diffa, uma área pantanosa de difícil acesso, na qual se encontram entrincheirados os combatentes do Boko Haram.

Comentários

Postagens mais visitadas